terça-feira, maio 31, 2005

Balancete II

Foi realmente o campeonato mais competitivo dos últimos anos, mas não necessariamente o mais bem jogado, nem muito menos, poderemos afirmar que estamos a caminhar para o patamar de competições como a Liga Espanhola, Italiana, Inglesa ou mesmo alemã.

Agora que terminou toda uma época em o Benfica quebrou o jejum de 11 anos, terminando de uma forma paupérrima, muito por culpa de festas e festins, mas também por alguma falta de motivação e “pernas”, chegou a hora de fazer um balanço desta liga que intitula de Super.

Benfica – Campeão contestado ou incontestado. Polémico ou natural. Medíocre ou razoável a roçar o bom, ajudado ou prejudicado (e também foi, como outros), é o campeão nacional, porque foi o mais regular e obteve mais pontos que todos os outros.
Quer queiram quer não, matou o borrego.
Para a equipa que possui, com muitas carências, com poucas soluções, teve na experiência e na capacidade de improvisação do seu treinador (um senhor, até na hora da despedida) o mérito de uma vitória à muito desejada por milhares ou milhões de adeptos.
Termina a época com o jogo de qualidade paupérrima, fruto da desconcentração de uma festa que se alastrou por três dias, o que terá sido demais.
Apesar de tudo, é uma excelente época, ganha o campeonato, vai à final da taça de Portugal, e perde na UEFA com os vencedores da mesma.
A mancha, a derrota frente a um Anderlecht fraquinho, que apenas ganhou ao Benfica.

Fc Porto – Apesar de tudo o que se passou, das trocas de treinadores, dos contentores de brasileiros a ancorar no Porto de Leixões, consegue vencer a Super taça nacional e a Taça Intercontinental na sua última edição.
Lutou por muito estranho que parecesse à entrada para a segunda volta, até à última jornada, podendo, dificilmente diga-se, ser campeão e atingir o tri.
Poderá ter sido uma época para lembrar e relembrar durante muito tempo, ou também pode ter sido o começo de uma fase que já vi começar, faz agora onze anos, ali para os lados da Luz.

Sporting – Praticou o melhor futebol em Portugal. Verdade! Atingiu a final da Taça UEFA, um dos seus objectivos. Verdade! Mas no final das contas o que ganhou? Apenas a Taça Amizade, num estádio dos arrabaldes de Paris com apenas 5000 espectadores. Se outras cores estivessem em jogo, a moldura provavelmente seria diferente, até local do jogo, como no ano passado.
No final de uma época as notícias que transpiram do Visconde de Alvalade são confusas, ainda para mais com o despedimento de Carlos Freitas, o homem forte do futebol leonino, que conseguiu em cinco anos, ganhar dois campeonatos e uma Taça.
Mais estranho ainda, as várias saídas, entre elas, o capitão Beto e o tal senhor que resolvia Liedson.
Estranho…

Braga – Grande campeonato. Grande treinador. Muito boa equipa. Jesualdo conseguiu construir uma equipa forte, lutadora, que a certa altura podia ter sido uma surpresa. Jesualdo sempre foi acalmando as hostes, porque tem muitos anos disto e sabe como é o futebol português. Para o ano o Braga tem uma tarefa muito difícil, porque a exigência vai ser maior, terá capacidade….

Vit. Guimarães – Começou mal, muito mal. Mas fez uma segunda volta extraordinária, provavelmente a melhor equipa da segunda volta. Consegue o sonho da Europa, apesar de perder o treinador. Passa a ter um homem lutador, Pacheco, que estava atravessado na garganta dos vimaranenses desde que o Jaime foi para o Bessa.
E pensar que esta equipa o ano passado tinha terminado em 14º a lutar para não descer.

Balancete I

Boavista – A certa altura da segunda volta pensou-se que o Boavista podia ser candidato a candidato, e não passou disso. Para perceber a realidade do Boavista deste ano, basta ver os jogos em Alvalade e Luz, e no Bessa com o Sporting. Apenas 14 golos sofridos contra um. Apenas 1/3 dos golos sofridos em toda a época.
Para agravar a situação, os ordenados estão em atraso e não são poucos meses.

Marítimo – campeonato tranquilo, com boas prestações, com incidências extra-desportivas a estragar a boa caminhada de Mariano Barreto.

Rio Ave – Mais uma excelente época par o Rio Ave e Carlos Brito. Não conseguiu o sonho da UEFA, e para isso, muito contribuiu a saída de Ricardo Nascimento, um dos melhores jogadores a actuar nesta Super Liga durante a primeira volta. Sem Carlos Brito, a ver vamos…

Belenenses – Outra das equipas que tinha terminado o ano passado a lutar por não descer, tendo conseguido a manutenção por um golo (salvo erro). Conseguiu uma época regular, tendo goleado o Benfica em casa, e perdido pontos onde menos se esperava. Dizem os aficionados do Pastel, que é o início de um projecto.

V. Setúbal – Fez uma primeira fase de campeonato muito bom para a equipa que possuía o orçamento mais baixo da Liga, e em muito contribuiu José Couceiro, na aposta de jogadores como Jorginho ou Manuel José. Com Rachão não foi tão regular, mas conquistou no fim da maratona a tão ambicionada taça de Portugal. Muito bom, se considerarmos que foi uma das equipas que subiu novamente este ano, à Super Liga.

Penafiel – No ano da subida, passados alguns anos, conseguiu efectuar jogos muito interessantes, principalmente com os grandes. Ganhou em casa ao Benfica e em Alvalade ao Sporting. Mostrou mais um camaronês ao mundo da bola, de nome N´Doye. O que agradou a muitos fazedores de anedotas do país.

Nacional – Muito abaixo da época do ano transacto, não esquecer que ficaram em quarto lugar, foram à UEFA, onde ficaram pelo caminho à primeira. Em muito ajudou, a saída do seu treinador brasileiro. Conseguiu a proeza de marcar 4 golos no Dragão e em Alvalade, tendo os últimos, sido de forma ilegal.

Gil Vicente – Campas começou e quase matou. Ulisses salvou.

U. Leiria – Prometeu, prometeu, mas acabou perto da linha de água. Consegue ainda assim, a Intertoto, provavelmente uma das razões para esta má época.

Académica – Todo o mérito vai para Nelo Vingada. Vingada mostrou as suas qualidades como treinador, conseguindo pegar numa equipa derrotada à partida, em último lugar, e atingir a manutenção. 12 jogos sem perder são obra. Para completar, ajudaram os benfiquistas a festejar mais cedo.

Moreirense – Acabou em nono na época transacta. Nunca esteve nesta Super Liga. Desceu.

Estoril
– Queimaram Ulisses. Meteram Litos. Caíram para a segunda. Foi a equipa mais indisciplinada da Super liga.

Beira-Mar – O tão propagandeado projecto inglês falhou. Para agravar, Campas ainda ajudou um bocadinho. Sempre foi uma equipa a mais nesta Super Liga. Das seis vitórias alcançadas destaque para a vitória na Luz, e no Dragão. Não chega…

segunda-feira, maio 30, 2005

ninguém?

é preciso ter uma equipa muito má para não conseguir ganhar-se um jogo já comprado.

já se sabe que a instituição tem tudo para ganhar – à excepção de dois pequenos pormenores que são uma equipa e bons jogadores de futebol. pior: o clube da galinha, essa agremiação do bairro de benfica, conseguiu o que o psd nunca conseguiu e sempre sonhou: um presidente, um governo e uma maioria.

presidente da liga
uma equipa ao colo
e a maioria da apaf

mas é aqui que se vê a pequenez e mediocridade de um clube. nem com o jogo viciado consegue ganhar…

ter um árbitro comprado (paulo costa), um jogo viciado com um penalti a abrir para não complicar muito as coisas (mete nojo ver o geovanni a festejar quando o amigo apitou a grande penalidade já encomendada), estar em vantagem com um golo fabricado pela segunda melhor equipa (a de arbitragem) e mesmo assim perder a final da taça de portugal para o clube de josé rachão… é preciso ser-se muito mauzinho.

v. setúbal – apesar do roubo da instituição (aquele penalti…), a vitória dos sadinos nem sequer é colocada em causa. nem pelo adversário. aqui vem premiada a meritocracia – ausente no campeonato deste ano, em detrimento da corrupção. se assim fosse sempre…

ou seja, apesar disto tudo, o muy recente vencedor da “liga dourada” perdeu sem apelo (mas com muito agravo) para o décimo classificado um jogo que começou a ganhá-lo com um penalti fabricado aos 3 minutos. muito pior: a jogar na casa onde todos os dias treina, enquanto agonia pela espera da academia do seixal…


trapalhonni – nem ele quer ficar neste antro de corrupção. por que será?

quarta-feira, maio 25, 2005

salazar e américo thomaz também ganharam eleições

caro chalana:

aceito a tua festa. e a dos meus amigos benfiquistas. mas não me peças os parabéns. não mereces. nem a tua equipa. a instituição é um rei sem coroa; um vencedor sem glória. nunca em tantos anos vi um campeão tão encomendado como o deste ano - ganharam, mas não são campeões...

os títulos ganham-se. não são comprados - e o que o teu clube fez foi comprar este título, como os antigos fidalgos afastados da nobreza. faz lembrar as eleições de salazar e américo thomaz: também as ganharam...

a marca do vencedor desta "liga encarnada" é de imerecimento. trapalhonni transformou uma equipa medíocre num bando de jogadores esforçados mas nunca saindo da mediocridade. nunca conseguiu mostrar futebol, não se distinguiu pelo melhor ataque nem foi, sequer, a melhor defesa.

a esta falta falta dos elementos fundamentais para criar-se um campeão, sobrou, em compensação, as arbitragens tendenciosas (corruptas) - sem esquecer o jogo comprado de marrocos com o estoril (negociado entre elementos benfiquistas das duas direcções)!

lista dos assaltos:

sp. braga - 1 ponto
rio ave - 1 ponto
u. leiria - 1 ponto
estoril - 3 pontos
belenenses - 2 pontos
sporting - 2 pontos
boavista - 1 ponto

* aqui estão contabilizados apenas alguns dos assaltos da instituição nesta época: 11 pontos!

para quem tinha algumas dúvidas, dissipou-as ao saber do tema no fórum da sporttv ao dia a seguir à instituição ter roubado o título – “o benfica é um campeão justo?” – aqui percebe-se o fartar vilanagem que foi esta liga…

chalana – só hoje li o teu post sobre pedro henriques (e também o de paraty). são patéticos. e foram desmentidos nesta última jornada. o primeiro porque seguiu a peugada de mário mendes e hélio santos e foi crucial para ganhares o título; o segundo tornou-se logo chocante ao ter sido nomeado para o jogo no dragão depois de ter escancarado as portas do campeonato à instituição ao validar o golo-fantasma de luisão frente ao sporting…

liga de clubes – nomear o antónio costa para o jogo de alvalade revela que a liga não só já tinha todo o trabalho feito (conseguiu dar o título à sua instituição) como quis terminar em beleza. três golos fora-de-jogo do nacional (o primeiro é ridículo de tão irregular) e um penalti por marcar. mais a expulsão de barbosa…

slb – a iliteracia dos lampiões não é só evidente nos comentários aqui deixados pela maioria benfiquista, alguns a roçar a bestialidade (quem dá o que tem…). o exemplo mais gritante desta onda analfabeta é tomar atenção ao cântico mais aclamado por esta massa quase na sua maioria acéfala – tem três siglas e uma palavra… mais palavras para quê?...

terça-feira, maio 24, 2005

Carta Aberta a ti....

Tentei sinceramente perceber porque não atribuías os parabéns aos teus colegas de blogue, pensei que fosse do momento, que estivesses a quente, que apenas tivesses a tentar digerir a vitória encarnada no campeonato.

Percebi por fim, que não o irias fazer por questões fundamentalistas, apesar de considerar as tuas razões como anti-desportivas, ou apenas de falta de sensibilidade.
Digo-te hoje, que continuo a ser teu amigo, que continuarei a sê-lo, apesar da tua decisão, até porque sabes que temos em comum alguém de quem gostamos muito, e que celebrou de uma forma efusiva o seu primeiro campeonato.

Percebeu que queiras desviar as atenções de um título conquistado pela equipa do Benfica menos estruturada dos últimos anos, até porque deves estar a ter dificuldade para explicar a ti próprio, as mais recentes incidências no seio da tal que consideras a “melhor equipa do Mundo”.
A tal “equipa” que conseguiu terminar uma época com os títulos mais importantes do ano: o melhor marcador, o melhor organizador e o melhor treinador, apesar de discordar da atribuição do último.

Aliás é espantoso que se atribuía o prémio ao treinador de uma equipa que nada ganhou apenas praticou o tal futebol bonito. Ou será que a eleição era também ela em função, do maior número de cantos, livres, remates e golos falhados?

Também não percebo porque me consideras envergonhado, por ter ganho o título de campeão nacional, porque não nos podemos esquecer do título de à três anos quando o venceste com 17 penalties a teu favor (já sei, falta um na Luz, mas o que dizer do “fantasma”!).
Ou que tal falarmos do título de à cinco anos, aquele em que tiraste o cachecol da gaveta, para o colocares no Marquês, esse mesmo, em que venceste também com a ajuda preciosa de livres marcados à entrada da área criados pelo sr. acosta (não é costa, é acosta) e convertidos pelo sr. cruz (não o Carlos, claro!).
Diga-se que apesar de poder criticar em muito as arbitragens desses anos, tive o desportivismo de te ligar a felicitar-te pela obtenção desses títulos.

Mas, como te disse continuo a ser teu amigo, até porque apesar do teu fundamentalismo, prefiro essa atitude, à atitude de certos energúmenos que consideram que uma certa Praça da Liberdade apenas é e tão só propriedade deles, não podendo os outros neste país livre à 31 anos festejar algo que outros também gostariam de festejar.

Post I – Hilariante a atitude de Guilherme Aguiar ontem, a tentar desvalorizar e minimizar uma festa como a que aconteceu por todo o Mundo no Domingo à noite.
Sr. Guilherme, sabe o que são 10 mil pessoas nas ruas de Newark? Acredito que não saiba, o que até é natural, vexa pertence a um clube que apenas possui uma qualquer avenida e uma qualquer praça da liberdade.

a equipa do título


um a um os novos campeões nacionais. parabéns pelo magnífico trabalho!



treinador: cunha leal (liga de clubes)
treinador-adjunto: vítor reis (apaf)

calabote - a instituição comprou o título, como o faziam antigamente os fidalgos pobretanas: à procura da nobreza perdida, e sem a ela direito, compravam títulos nobliárquicos por um punhado valente de vinténs. no século XXI o clube de bairro de máximo&barbas juntou uns trocos do tráfico de pneus, comprou uns quantos quejandos e adquiriu o campeonato deste ano...

é a primeira vez que o melhor clube não vence uma prova de regularidade...

prémios oficiais da temporada 2004/05:

melhor treinador: josé peseiro
melhor médio ofensivo: joão moutinho
jogador revelação: joão moutinho
escolha do público: joão moutinho
jogador mais valios: liedson
melhor avançado: liedson
melhor marcador: liedson

*menciono apenas os mais importantes - "la famiglia", instituição, apaf e sp. braga também receberam prémios, atribuídos pelas redacções da "sport tv", "tsf", "jornal de notícias" e "o jogo"

Agradecimentos...

Recebido por e-mail:

É hora de agradecermos a todos os que nos ajudaram na conquista deste importante título..

- A todos que enviaram imagens de sofás e cadeirões, dizendo: "Queres ser campeão? Então espera sentado". Foi um bom conselho. Isso de esperar 18 ou 19 anos dá experiência nestes assuntos;
- A todos os que enviaram avisos sobre possíveis doenças transmissíveis pelo "mofo" acumulado desde 1993. Não se preocupem, pois Portugal já passou epidemias bem piores, nomeadamente os 18 e 19 anos acima referidos. Mas como o agradecimento é sincero, fica uma sugestão: RENNIE ou KOMPENSAN para a azia;
- A todos os que enviaram o aviso de que tinha problemas na versão Word 1.0de 93/94, que não conseguiam escrever "Benfica Campeão". A grande maioria dos portugueses reportaram o facto à Microsoft, e eles desenvolveram aaplicação "1 a 0" versão 04/05, pelo que já podem escrever as tão desejadas palavras, que não irá ocorrer qualquer problema;

- A todos que enviaram o vídeo do Gato Fedorento, "O adepto do Benfica". É um grande momento de humor. Embora continuemos a querer ganhar por "quinje a jero", conclui-se mais uma vez, que não é necessário ganhar com algumas goleadas para ser campeão (a outra foi na longínqua época do treinador John Mortimore);
- A todos os que enviaram menus de restaurantes com "Salada Russa", após a eliminação do Benfica pelo CSKA (tivemos azar...apanhamos os russos no inicio da UEFA, houve quem tivesse mais sorte e só apanhou no fim). Esqueceram-se que a referida salada se serve fria.

Gostaria, ainda, de AGRADECER:

- Ao Ricardo, por ser benfiquista e nos fazer rir muito, com as suas actuações. É sem dúvida, dos melhores em Portugal;
- Ao Pitbull, ao Leandro, ao Areias, ao Leo Lima, ao Fabiano Fabuloso, aoPepe, ao Del Neri e ao Victor Fernandez;

- Ao Trapattoni, que nos fez ganhar o campeonato, mesmo piorando 9 pontos, em relação ao ano passado. Isto apesar de termos sido eliminados da UEFA pelo vencedor desta prova, para quem não sabe, o CSKA ("a melhor equipa que defrontamos esta época");
- Ao Peseiro, pela frase acima referida;

- Ao Luisão que, em Janeiro, após derrota com o Beira-Mar afirmou: "Em Maio vamos ver quem festeja!". Ele tinha razão. Foi o marcador de um dos golos mais decisivos dos últimos tempos;
- Ao fantasma da Luz, que após ter feito um penalty sobre o Jardel, na época 2001/2002, redimiu-se e fez a falta sobre o guarda-redes do Sporting, no dia 14 de Maio, na Luz;
- Ao Manolo Vidal (que considerou legal o golo do benfica) e ao Soares Franco, que afirmou: "Não temos nada a reclamar em relação ao golo."[declaração logo após o jogo da Luz]. Finalmente, alguém que conseguiu tirar o filtro verde do televisor;
- Ao Pampilhosa, por não estar na Taça de Portugal, na altura em que se disputava a 33ª Jornada, o que impediu novamente a "limpeza" de cartões amarelos (alguém poupou 15000 euros);
- À Bandeira de Portugal, que nos vai emprestar as Quinas para os equipamentos;

Ps: Só para não haver confusões: quando falo no Ricardo, estou a referir-me ao Ricardo Araújo Pereira, do Gato Fedorento.

domingo, maio 22, 2005

mais um penalti salvador


chalana e glorioso:

estão a passar pela vergonha por vos não dar os parabéns.

também tenho pena...

Hoje só apetece dizer...

Só vale a pena dizer:


Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!

Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!

Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!

Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!

Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!

Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!

Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!

Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!

Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!

Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!
Campeões Olé! Campeões olé!

Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!
Glorioso SLB! Glorioso SLB!

Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!
Ninguém pára o Benfica!

sábado, maio 21, 2005

Afinal quem ganha com o quê....

"Olha uma coisa, tens de ter cuidado com a Taça, porque o ‘Bartolas’ [João bartolomeu, presidente da União de Leiria, n.d.r.] vai fazer um escândalo do caraças"
“Senão mais vale pôr o António Costa que ninguém discute”.
“Já agora, estais a fazer as classificações?”
"Estamos aqui a cozinhar um bocadinho essas coisas”.
“Quem é que está primeiro na classificação?”
"O Pedro Henriques"
"Eh!. Seria espectacular pôr esse. Dizem que fez uma arbitragem fantástica e assim não havia problemas, em especial para vocês, carago. É pá, eu quero que se lixe o Isidoro, que com tanta coisa ainda vai para lá e estraga a festa e isso eu não quero. Se tiver coloque um gajo que se defenda melhor
"

(conversa entre Pinto de Sousa e Pinto Costa presente nas escutas do apito Dourado)

"o rumor de que os jogadores do Boavista vão receber um prémio de jogo no valor de 750 mil euros, em caso de vitória."
"o Futebol Clube do Porto teria prometido 400 mil Euros aos axadrezados, como motivação para vencer o Benfica
."

(In A Bola e Expresso de hoje)

E o mais interessante é que há pessoas que acham isto completamente normal.
Mais, a punição para este tipo de situações, caso sejam descobertos (não sei como!) é de uma multa entre os 15 e os 25 mil euros.
e pergunto eu, quem paga 400 mil ou 750 mil para ganhar um jogo, não paga uma multa de 25 mil?

Travassos amigo, já pensaste que o tal de Paraty, que até apita amanhã no dragão, pode afinal ter beneficiado outros...
É mais fácil perder no Bessa que outros perderem em casa com o Nacional...

Festividades...

Recebido por e-mail:

Todos os organismos produzem excrescências que têm que expelir para manterem o seu equilíbrio interno. O problema é quando essas excrescências adquirem forma e passam a existir por si. A raça humana não é excepção. Existem elementos cuja semelhança com aquilo que eu não menciono, na sua vertente suína, é mais do que pura coincidência. Se compararmos o cheiro que ambos exalam, sem dúvida que o de uma pocilga acaba por ser mais agradável.

Um exemplo perfeito desta degeneração da nossa raça são os elementos da principal claque do clube regional. Aqueles que têm por hábito destruir as áreas de serviço das auto-estradas, escoltar o seu presidente quando é ouvido num tribunal ou agredir jogadores da sua própria equipa (!) aquando de resultados menos positivos. Pois bem, estes energúmenos publicaram um comunicado no seu site (que, por óbvios motivos de higiene, não vou linkar aqui) a convocar todos os adeptos do seu clube para uma “festa independentemente do resultado” na Av. dos Aliados no final do jogo que o clube regional vai efectuar com a Académica. Dizem eles que existem razões para festejar um “eventual 2º lugar na Superliga” (coitados, estes seres acéfalos ainda não perceberam que perdendo podem ficar em 4º lugar, logo a festa do 2º lugar não pode ser “independentemente do resultado”) e que vai ser uma “sã celebração”. Curiosamente, quatro parágrafos abaixo acrescentam que “zelarão pela segurança” de todos os adeptos azuis que se dirijam para lá. Claro, eles que são uma conhecida força policial que impõe a ordem... Além disso, se vai ser uma “sã celebração” por que é que é preciso “zelar pela segurança”?!

Esta atitude intimidante para com os adeptos do Glorioso que poderão, se tudo correr bem, começar a celebrar a conquista do campeonato em plena cidade do Porto é absolutamente repugnante. Se esta pretensão for em frente estaremos, de facto, numa república das bananas onde quem quiser celebrar livremente arrisca-se a levar um enxerto de pancada. Dir-me-ão que adeptos deste género existem em todos os clubes, mas não é verdade. Nunca vi as claques organizadas do Benfica ou dos lagartos tomarem uma atitude semelhante. Quando qualquer um dos clubes de Lisboa ganha, não se vêem os adeptos do outro dirigirem-se para o local das celebrações para marcar território e provocar os rivais. Poderão igualmente dizer-me que não se deve tomar a parte pelo todo, ou seja, não se deve relacionar as atitudes de alguns adeptos com o clube. Pois é, mas em relação aos dirigentes é diferente já que, para o bem e para o mal, representam mesmo o clube. Assim sendo, já alguém ouviu uma palavra que fosse de algum deles a desencorajar e repudiar esta festa do 2º lugar a bem da paz no futebol? Definitivamente, merecem bem os adeptos que têm. É tudo feito daquilo que eu não menciono.

B.A.

de pé como as árvores

“orgulha-te, sporting, de uma época, apesar de tudo, fantástica”

figo esteve em alvalade e sofreu pelo sporting – como todos nós na grande família sportinguista.

a derrota teve sabor a injustiça, nessa final em alvalade frente ao cska: depois de uma primeira parte soberba, foi a mesma soberba que tirou o título ao sporting mas sem renegar ao seu futebol: a época desgastante quebrou as pernas e tapou os pulmões. perder, assim, de pé – sempre, como as árvores.

cska – tivessem dois golos limpos anulados como no alguidar da luz e o sporting discutiria o resultado até ao final…

chalana – já aqui te chamaram desonesto. não faço isso: apelo à tua inteligência, agora tolhida pela vergonha que é este “campeonato dourado”. e aprende a ler – tudo o que escrevi repito. está lá tudo.

“henfuca” – a tua pequenina equipa (instituição/apaf/liga) caiu na uefa perante uma equipa ainda em pré-época e foi humilhante ver aqueles russos – acabados de serem escorraçados da liga dos campeões porque não tinha ritmo competitivo – a jogarem, jogarem…

não é verdade que a instituição manchou o nome de portugal? é tão verdade como o golo-fantasma de luisão ter sido uma falta clamorosa…

factos – isto são factos. querer comparar uma reles eliminatória com uma final europeia roça o ridículo. e eu acredito em ti, chalana, e sei que não és desonesto…

sexta-feira, maio 20, 2005

SLB ou FCP

Domingo teremos o campeão mais fraco dos últimos anos no futebol português. Finalmente termina este desgraçado campeonato. Gosto de emoção e competitividade, mas não à custa da qualidade. E digo isto independente de o vencedor vir a ser o Benfica ou FC Porto (o meu clube).

Continuo a dizer que o Sporting foi a equipa de melhor futebol jogou, isto é, foi a equipa que mais vezes atingiu um patamar elevado, à campeão. Mas foi vítima de uma irregularidade quase inexplicável. Aliás, a final da Taça UEFA é disso exemplo: uma primeira parte de grande categoria, com maturidade, sabendo o que fazer; e uma segunda parte cheia de erros e inseguranças nos momentos cruciais. E não venham com desculpas de árbitros...

quarta-feira, maio 18, 2005

Lembras-te, Travassos?

a festa foi bonita, pá! tudo a apitar, o povo nas ruas.
(15.05.04)

a quatro jogos da supertaça europeia
(14.04.05)

agora venha o cska - esse, segundo os amigos benfiquistas, é um verdadeiro colosso mundial do futebol ao contrário do middlesbrough que não joga nessa competitiva liga russa... apesar de estar em pré-época e de terem jogado a mil quilómetros de moscovo e dos seus adeptos quando brincaram com a instituição
(18.03.05)

na banheira da luz, mais uns cabeçudos e água a entrar por todos os lados. frente a uma equipa ainda em pré-época, a instituição não conseguiu impor-se. normal.
(25.02.05)

e a instituição volta a manchar o nome de Portugal
(17.02.05)

agora foi o cska a humilhar a instituição e, novamente, a manchar o nome de portugal.
ontem foi humilhante ver a instituição sofrer golos cheios de amor (LOVE).
o cska não é uma grande equipa. nunca foi. e está bastante pior desde que em janeiro saiu o seu melhor jogador: jiri jarosik foi para o chelsea.
(17.02.05)

Lembras-te Travassos?
É tudo teu, tudo escrito por ti.

A colectividade do Lumiar fez realmente uma boa primeira parte, mas depois na segunda claudicou perante os tais “fraquinhos” russos.

Deve ter sido a primeira vez que estava a torcer pela colectividade do Lumiar, porque dos russos nunca gostei, e não era hoje que gostaria.

Se calhar dei azar!

Post I – Ricardo também esteve bem no primeiro golo? Será?

Post II – O que Peseiro terá dito ao intervalo? Porque será que a colectividade do Lumiar baixou os braços na segunda parte, principalmente a seguir ao remate de Love a rasar o poste?

Post III – Quem proporcionou a única oportunidade do CSKA na primeira parte?

João Manuel

O Off-Siders curva-se pela memória de João Manuel que faleceu esta manhã.

João Manuel foi daqueles jogadores que nunca teve a sorte de jogar num grande, apesar dos argumentos futebolísticos que tinha.

Nunca teve uma mãozinha que o ajudasse.

Morreu com uma doença estúpida que não devia existir.

terça-feira, maio 17, 2005

"foi assim que quiseram que fosse"



"foi assim que decidiram, foi assim que quiseram que fosse"

"não preciso ver as imagens. estive lá, sei o que senti e sei o que se passou. qualquer contacto mínimo que haja com o guarda-redes, dentro da pequena área, é sempre falta e aquilo não foi um contacto mínimo porque caí de costas. por aí não há muito para dizer, porque as coisas já passaram, foi assim que decidiram, foi assim que quiseram que fosse. infelizmente para nós, foi esse lance que nos fez perder a possibilidade de chegar ao título. doeu a todos nós termos perdido o jogo da maneira como foi..."

ricardo, guarda-redes do sporting, a comentar o derrube na pequena-área que deu o único golo à instituição/paraty no jogo frente ao maior

chalana - e agora, chalana e acólitos benfiquistas?... e depois desta fotografia? estão envergonhados... não vos chegaram os assaltos todos?

eis a lista:

oliveirense (taça)
sporting (taça)
beira-mar (taça)
e. amadora (taça)
benfica b (na luz e em loulé)
u. leiria (liga dourada)
rio ave (liga dourada)
belenenses (liga dourada)

fotografia - foi preciso mais este assalto ao sporting... pior: a isso, chalana, acrescentaste uns caracteres desconexos nuns posts a seguir ao jogo...

luisão - mentiu quando disse que não tinha tocado em ricardo - esta foto desmente-o. mas o jogador não mente tanto como a liga de clubes e a apaf...

Finalmente...

Hoje à noite um senhor ajudou-me a classificar o Travassos.
Afinal, o meu amigo não é anti-benfiquista, mas sim um Fundamentalista.

Post - Cuidado, porque se puxarmos pela memória do Travassos, ele é capaz de encontrar um qualquer lance duvidoso e mal ajuizado pelo árbitro no célebre jogo de 14 de Maio de 1994.
Provavelmente ele arranjará justificação para os 3-6. E a justificação só pode ser o erro do árbitro.

segunda-feira, maio 16, 2005

foi falta!

a fotografia não mente: luisão faz falta sobre ricardo. dá-lhe um toque no cotovelo direito que o impele a empurrar a bola para dentro da baliza.



a imagem é bem elucidativa: há contacto. e não pode haver.

feito numa área - a pequena área - que tem uma só função. esta zona está delimitada para salvaguardar os guarda-redes das cargas dos adversários (excepto quando estes são da instituição e estão a ser levados ao colo até ao título...).

post - uma imagem vale mais do que mil posts. é tão evidente que mete nojo...

O que é ser do Benfica?

Muitos já o leram, mas julgo importante colocar este texto do "fedorento" Ricardo Aráujo Pereira.
Isto é realmente ser do Benfica.
Travassos, como é ser anti-Benfica?

"O Benfica tem boas hipóteses de ser campeão, este ano, e eu confesso que não consigo pensar noutra coisa. Devo acrescentar que, mesmo quando o Benfica não tem hipóteses nenhumas de ser campeão, eu não consigo pensar noutra coisa. Mas estou longe de ser um fanático, atenção. Detesto fanáticos do Benfica. São insuportáveis.
Os fanáticos acham que o Benfica é o melhor clube do mundo. Um benfiquista a sério pensa doutro modo: não é a questão de achar; nós temos a certeza que o Benfica é o melhor clube do mundo.Os fanáticos são uns maricas.

Um benfiquista a sério continua a acreditar na conquista do campeonato, mesmo quando isso já é matematicamente impossível. Porque é que há-de ser a matemática a ditar a possibilidade de se ser campeão? Porque não a literatura? O titulo pode ser matematicamente impossível mas, ainda assim, literalmente possível. O que impede uma equipa que esteja a liderar o campeonato, num determinado momento, de abdicar do titulo a favor do Benfica, por ser a equipa que pratica o melhor futebol e veste o equipamento mais bonito? Nada.

Um benfiquista a sério tem aspirações irrealizáveis. Um sportinguista a sério quer que a equipa do Sporting jogue bem. Um portista a sério quer que a equipa do Porto seja aguerrida. Um benfiquista a sério quer que a equipa do Benfica seja «O BENFICA». E ser «O BENFICA» é quase impossível - especialmente para o Benfica. Isto porque um benfiquista a sério é quase doente. O Benfica bem pode ganhar um jogo por 4 ou 5, que nós saímos da Luz a dizer: «Não jogamos nada, pá». Isto é, evidentemente, um elogio. É por isto que nós somos o Benfica. Não nos contentamos com sermos os maiores.

Sabemos que podemos ser ainda melhores do que aquilo. Podemos ser «O BENFICA». E temos todas as condições para sê-lo, uma vez que, curiosamente, já somos o Benfica. Não sei se me faço entender. É provável que não. Eu próprio estou um bocado à nora.
Um benfiquista a sério exige aos jogadores que sejam mais do que são. Exige ao Simão que seja o Simão e que, alem disso, tenha a imaginação do Chalana e a garra do Simões; exige ao Manuel Fernandes que seja o Manuel Fernandes e que tenha ainda a força do Coluna e a visão de jogo do Shéu; e exige ao Paulo Almeida que vá para casa e não saia de lá. Um benfiquista a sério é bastante cruel. A menos que o Paulo Almeida marque 3 golos ao Porto. Nessa altura, o Paulo Almeida fará o que quiser dum benfiquista a sério.
E um benfiquista a sério é um benfiquista a sério. não é simpatizante do Benfica. O Benfica não desperta sentimentos menores, como a simpatia. Só gera de amor para cima. E é um amor exclusivo. Lembro-me de, um dia, ter tido esta conversa com o meu pai:
Ele: Más noticias, filho. Quando vínhamos para casa, a seguir ao empate do Benfica, a tua mãe caiu e partiu os dois braços e as duas pernas.
Eu: Eh pá, não acredito. O Benfica empatou?
Claro que isto nunca aconteceu. É um exagero que eu uso aqui, com fins estilísticos.
A minha mãe não tinha partido os dois braços mas só uma das pernas. Estava óptima. Apesar disso, este tipo de atitude tem-me causado dissabores, ao longo da vida. Eu sei perfeitamente que nunca serei o filho preferido da minha mãe. E eu sou o filho único, portanto, vejam bem o que isto faz a uma pessoa."

domingo, maio 15, 2005

campeão fabricado

o “campeonato dourado” conseguiu o seu objectivo e vai dar o título a um dos dois clubes portugueses mais corruptos: “la famiglia” ou instituição. penso que o campeão será o clube de reinaldo teles, é mais forte e porque duvido que o substituto de paraty deixe luisão fazer falta sobre khadim (carlos foi expulso no último jogo do boavista)…


os livres. sempre os livres da instituição - não há futebol espera-se que o árbitro apite uns livres à entrada ou dentro da área. já aqui tinha avisado e o meu post anterior não poderia ser mais prestidigitador. melhor: o roubo é tanto que dá até para “chalana” glosar com o facto de liedson não ter jogado – onde a vergonha chegou.


o nojo chega a este ponto. depois das ajudas de hélio santos e mário mendes (menciono só estes dois = 6 pontos), a não expulsão de simão em penafiel e o cartão mostrado a liedson que o impediu de jogar no alguidar da luz (porque chutou uma bola fora de campo aos 92 minutos…) dá ainda para “chalana” brincar…


este “chalana” – tão célere a postar quando a sua equipa ganha – dá-se ao luxo de gracejar com a corrupção: com “ela” ao colo vai passando a mão, lembrando o melhor estilo do “padrinho”.


quem muda um jogo 400 quilómetros, do estoril para loulé, para ver se consegue ganhar, vai perder o campeonato na sua própria casa?”, avisei, avisei e tornei a avisar os meus amigos sportinguistas mais crentes durante a semana…


não existe falta de pinilla. falo do livre batido que dá origem ao golo fantasma da instituição – já o lance com ricardo dá vontade de rir tal é a corrupção nesta podre mini-liga. na pequena-área, diz a lei, não pode tocar-se no guarda-redes. fez bem paraty ao marcar falta de sá pinto sobre quim – mas dez minutos depois não o fez no lance com luisão… porquê? porque seguiu o estilo de mário mendes&companhia.


escreve o leitor josé marques, no “record on-line”:


“quem acompanhou este campeonato desde o principio viu os escândalos: benfica vs estoril (2-1), golo da vitória penalti mal assinalado; benfica vs rio ave (3-3), o golo do simão do empate é em fora-de-jogo; benfica vs leiria (1-1), golo do mantorras no último minuto vem de uma falta mal marcada; estoril vs benfica (1-2) penalti de r. rocha sobre o estoril não marcado e golo de luisão vem de uma falta inexistente. só nestes jogos perdiam 6 pontos...” – belo resumo da porcaria


esta vergonha atravessa o país inteiro. vai haver um campeão fabricado. o golo fantasma de luisão afastou a melhor equipa do título – pior: a liga (com a suspensão de liedson) e a apaf (com o não consentimento do golo que surgiria da carga de sá pinto a quim) formaram uma dupla imbatível para derrotar o sporting.


paraty – belo trabalho. a instituição criou três situações de golo frente ao sporting, duas dadas por este árbitro. 1. no lance em que simão atirou ao lado, precede-lhe uma falta no meio-campo sobre beto (o árbitro ignorou); 2. no golo-fantasma o nojo transbordou…


chalana – a festa foi bonita, pá! tudo a apitar, o povo nas ruas. até tu fizeste um post… vais ver os teus amigos benfiquistas voltam a este blogue, depois de uma semana de hibernação penafidelense (n’doyeu?)...

futebol - e... jogar à bola? futebol está quieto: corre muito, bate uns penaltis, abalroa uns quantos guarda-redes, adversários e algumas leis, mas ver a instituição jogar é que está difícil. também, para quê - com um colinho desses...


bessa – é impressão minha ou ainda falta uma jornada? pode ser...

Mais um 14 de Maio para recordar

O jogo prometia, era o jogo decisivo para muitos, para outros, o jogo que poderia deixar tudo ou quase tudo decidido.
Ficou pelo quase, mas ficou quase tudo decidido.
Poderemos dizer que foi um jogo sofrido, que o Benfica podia e devia ter feito mais, que o Sporting jogou só (e mesmo só) para o 0-0, esperando que surgisse um golinho caído do céu.
Trap tem razão o Benfica andou sempre na frente, 17 jornadas seguidas (é obra).
Pode realmente não ter jogado um bom futebol, não ser a equipa melhor do mundo, a que melhor pratica futebol, mas é acima de tudo, a mais regular, a que mais pontos conseguiu, e no fim do campeonato, é isso que contará.

Já sei que para muitos fomos levados ao colo, que fomos beneficiados em todos os jogos e mais alguns que houvessem, que os treinadores adversários contestam as arbitragens contra o Benfica (mas só contra o Benfica!), mas sobre isso, não darei troco, até porque fazendo as contas finais (os tais dvd´s), se calhar chegaríamos à conclusão que o empate de situações, era uma crua realidade.
Ontem foi um dia feliz, foi um dia que há muito desejava.
Surpreendeste-me quando as lágrimas te assolaram a cara, lágrimas de felicidade, porque o momento era de descompressão, e eu gostei de ver, porque como te disse na hora, finalmente parece que conseguimos.
Não estou eufórico, estou apenas feliz, porque a noção que será uma semana de muitas confusões, e que aquele domingo próximo, ainda pode ser surpreendente, mas tenho a certeza que, ninguém nos fará parar.
Mais uma vez, estranho que depois da derrota de ontem, ainda existam pessoas que continuem a desvalorizar vitórias, pensando que na próxima semana, uma equipa de camisolas esquisitas, como em tempo os chamaram, ainda possam dar uma alegria a toda uma colónia de anti-benfiquistas, esse clube com tantos adeptos.
Uma última nota par Ricardo. Falhou, é verdade! Não queiram esconder a falha com uma qualquer falta inexistente, porque também não devem esquecer que este mesmo senhor tinha sido há poucos dias, um dos vossos heróis.
Os heróis também falham, e Ricardo, por muito que custe falhou, como falhou contra a Grécia, no mesmo estádio, e nós todos, dentro do nosso nacionalismo e patriotismo, esquecemos e escondemos o erro, porque o tal de Ricardo tinha dias antes sido o nosso herói no mesmo estádio, onde ontem falhou, mas onde já foi herói.

Agora, vamos esperar, porque a festa pode estar para breve.

Post I – Uma certeza que sai da noite de ontem, nem Liedson nem Paraty resolveram!

Post II – Afinal a água passa duas vezes na mesma ponte…

Post III - Jorge, tenho a certeza que te sintonizas-te ontem na tua rádio, e gostaria de dizer-te que desfraldei ao vento a minha bandeira.

quinta-feira, maio 12, 2005

tello resolve



em duas linhas consegue perceber-se o carácter corrupto desta "liga encarnada":

1. lideson foi suspenso com um jogo.

2. simão foi poupado - DUAS VEZES - pelo árbitro e falhou suspensão.

"a instituição tem tudo para ganhar o campeonato apaf/liga, só lhe falta uma equipa"

o cartão amarelo vsito por liedson é mais uma enorme palhaçada neste "campeonato dourado". não foi a cara sorridente do árbitro que mostrou a falta de senso de olegário benquerença: a corrupção está em jogo quando nos descontos o senhor juiz voltou a dar mais uma ajuda à instituição nesta "prova encarnada". é só mais uma.

lista dos últuimos assaltos da instituição:

1. u. leiria (golo do empate nasce de uma falta inexistente... nos descontos)
2. estoril (além do nojo do jogo ter sido disputado em loulé devido a uma direcção benfiquista corrupta dos estorilistas, ficou um penalti por marcar de r. rocha - seria ainda expulso)
3. belenenses (penalti escandaloso marcado a favor da instituição perto do fim...) - os adeptos do belenenses levaram para o estádio cartazes a dizer "mário mendes ladrão - ladrão, ladrão, ladrão" na jornada seguinte ao assalto no alguidar da luz...

*estes são só os últimos assaltos - há muitos mais - que dariam já o título ao sporting, a melhor equipa do campeonato, e colocariam a instituição/apaf/liga a lutar com o boavista pela uefa

sporting-v. guimarães

amarelos: o árbitro poupou a expulsão de um jogador do v. guimarães (com duplo cartão) e não puniu com amarelo, em duas ocasiões, mão na bola de dois jogadores vimaraneses. mas o pior ficou escrito quando o juiz da partida nem sequer fez nada quando tello - DENTRO DE CAMPO - chutou a bola para longe muito depois do jogo estar interrompido... ao chileno não valia a pena... não estava em risco!

portanto o critério sai corrompido - e duplamente. basta ver o jogo de penafiel.

simão não foi expulso porque falharia o jogo com o sporting- teve uma entrada por trás (vermelho directo). mais: pegou-se com n'doye no final do jogo e nem amarelo viu (seria o segundo). como se não bastasse ainda refilou com o árbitro - dá para tudo!

"leis do jogo"

faltas passíveis de advertência um jogador deve ser advertido (cartão amarelo) quando cometa uma das sete faltas seguintes:

1. tornar-se culpado de comportamento anti-desportivo
2. manifestar desacordo por palavras ou por actos
3. infringir com persistência as leis do jogo
4. retardar o recomeço do jogo
5. não respeitar a distância exigida aquando da execução de um pontapé de canto ou de um pontapé-livre
6. entrar ou reentrar no terreno de jogo sem autorização do árbitro
7. abandonar deliberadamente o terreno de jogo

que falta cometeu o liedson - além de ser do sporting, a melhor equipa do campeonato - para não jogar no alguidar da luz ?

1. a bola nem sequer estava em jogo e o gesto (pontapé na bola) só pode ter a ver com a oportunidade de golo desperdiçada...
2. manifestar desacordo por actos? não havia nada para discordar... foi um lance normal.
3. retardar o recomeço do jogo? não. agora há mais bolas e palatsi até já tinha outra bola nas mãos pronto para seguir jogo...
4./5./6./7. nem com toda a boa vontade da liga, da apaf, da fpf... nojo

post - INTERDIÇÃO: o isqueiro atirado que deixou odaír a sangrar em penafiel não teve a punição célere habitual do senhor cunha leal, mais rápido que a sua sombra a castigar o sporting e os seus jogadores! ignorar esta acção bárbara é mais um vilipêndio deste senhor. miserável e vergonhoso!

post II - lembro-me há uns anos um isqueiro ter sido arremessado das bancadas do estádio do bessa e o sporting foi jogar para torres novas dois encontros do campeoanto!

post III - nem sequer falo no penalti escandaloso sobre o liedson logo aos 11 minutos - mais um...

post IV - doeu com o n'doye? não fosse a apaf e a liga a pobre instituição estava a lutar com o boavista a luta pela uefa - essa competição europeia que o sporting luta pela final...

post V - "estou extremamente desapontado. uma equipa que quer ser campeã não pode fazer uma exibição miserável como esta. o benfica não mostrou chama, capacidade de reacção e estofo".


pedro ribeiro, benfiquista, apresentador do "curto circuito" e comentador da sport tv referindo-se à sua equipa no jogo com o penafiel


A última revienga da vida

Durante muitos anos tive o prazer de te ouvir aos microfones da “provavelmente melhor rádio de Portugal” como tu bem dizias.
Quis o destino que partisses num momento histórico para uma equipa portuguesa.
Quis o destino que vibrasses da forma que tu bem sabias um golo de uma equipa portuguesa numa prova internacional.
Quis o destino que partisses a uma semana de puderes assistir e relatar a um jogo que se espera épico.
Quis o destino que não pudesses trabalhar nesse mesmo dia, e pudesses por ventura, cantar a música que tanto querias cantar.
Quis o destino que não pudesses gritar bem alto que o nosso Benfica era campeão novamente.
Vamos todos sentir a tua falta, vamos todos sentir um vazio.
Sabemos que muitos não gostavam da tua forma de relatar, de comentar, que consideravam que não era no relato que se expunha as opiniões pessoais, mas tu eras assim, sempre o foste, desde o tempo da Comercial do Lobito.

Quando nos encontramos naquela que era a tua terra, e que durante alguns anos também foi a minha, tivemos uma conversa sobre futebol, que jamais esquecerei, ao som daquele Kizomba, a saborear aquele moamba que tanto gostamos.

Foi com tristeza que soube da tua partida, para esse reino dos céus que tanto evocavas.
Espero que hoje, continues com a tua barriguinha a gritar os golos que por aí se marquem, evocando as reviengas de uns, e as bandeiras desfraldadas ao vento de outros.

Até sempre, Jorge.

Scriptum - Assim se despediu, assim será recordado.

Flashback Rapidinho

Por razões pessoais estive afastado deste espaço de opinião em que o Off-Siders se tornou.
Nesta fase em que pude finalmente consultar as várias opiniões e principalmente os posts do Travassos, que foi nestes dias dando vida a este blogue, julgo ser importante dar o meu contributo, a que chamei de flashback rapidinho.

Acho interessante todos os “resolve” de Travassos, considerando que o Benfica continua a ser levado ao “colo”, esquecendo o meu amigo os vários erros de arbitragem concretizados durante as últimas semanas. Esquece o meu amigo, o penalty em braga, o golo anulado ao beira-mar, e sempre como resultado a 0-0.

Esquece também o meu amigo, que o tal penalty frente ao Belenenses é precedido de um outro aos 24 minutos sobre Nuno Gomes, o que colocava o Benfica em vantagem bem cedo. Esquece também que a tal equipa levada ao colo, sofreu dois penalties no último jogo e por estranho que pareça, v.exa., não publicou um post com Proença resolve. E quando falo de dois, nem refiro o do Mantorras, que considero que o meu amigo entende que seja penalty, ou então seria incoerente com o tal do Rocha.

Mas, estas semanas trouxeram ainda, um Benfica perfeitamente desmoralizado, não se sabendo porquê, e mostrando o que à muito vinha dizendo, se o Benfica for campeão, é-o com uma equipa mediana, e com muito querer, o mesmo que não tem existido desde Vila do Conde.

Mourinho perde a passagem à final da champions, dois dias depois de ter sido o primeiro treinador a ser campeão à primeira da premier. Ficou provado com aquele suposto golo, que o Chelsea não podia chegar à final.

O Sporting passou à final, fazendo provavelmente um dos seus piores jogos da época, frente aos fraquinhos do AZ, mas conseguindo com crença, passar a eliminatória, com um golo de Miguel Garcia, que tinha a época marcada pelo penalty falhado na Luz.
Agora, que vêm os russos, vamos ver se os tais “melhores do mundo” não engolem sapos.

Valentim voltou à Liga e demonstrou a podridão do futebol português.

Nelo Vingada é o treinador do ano. 12 jogos sem perder é obra.

Para finalizar, e falaremos mais sobre o assunto, dizer que apesar de considerar que o Benfica desperdiçou a melhor oportunidade da sua história recente para ser campeão, continuo a ter esperança, até porque tudo é possível.

Scriptum – O blogue não morreu!

sábado, maio 07, 2005

estamos na final




o sporting fez outra vez a festa na holanda - liedson marcou o nono golo na uefa. miguel garcia deu a final ao "maior" com um golo nos descontos dos descontos do prolongamento...

depois do feyenoord, foi a vez do az cair eliminado. em doze encontros internacionais com equipas holandesas os "leões" perderam apenas dois jogos: precisamente com a formação de roterdão (2 out 1985) e este com o alkmaar. mas o "leão" nunca foi eliminado...




ricardo voltou a ser determinante. duas defesas decisivas garantiram a presença do sporting na final de alvalade...

post - josé peseiro superou o treinador da moda. precisou de menos tempo que josé mourinho para levar a equipa a uma final europeia...

post II - "zé da europa" há só um. o pasquim "a bola" fez há dias manchete com um novo zé da europa, referindo-se a mourinho - em nenhuma página deste "pravda" vinha a explicação aos leitores da génese da expressão.

zé travassos foi o primeiro jogador português a ser convidado para a selecção do "resto da europa", numa partida realizada em belfast contra a inglaterra, em agosto de 1955: exibiu-se a grande nível como interior esquerdo e foi decisivo na vitória, por 4-1. o nome "zé da europa" ficou, em homenagem a um dos maiores jogadores de sempre do futebol mundial.

post III

clubes com mais participações de sempre nas competições europeias

1º real madrid 48
2º barcelona 47
3º sporting 45

sexta-feira, maio 06, 2005

Está quase...

segunda-feira, maio 02, 2005

mário mendes resolve

a equipa b do sporting voltou a deslumbrar com o seu futebol e relegou para segundo plano mais um candidato ao título – por isto, digo sem pejo: a formação que peseiro colocou esta noite em braga é a segunda melhor do país, só atrás da equipa principal do sporting...

mais: duas vitórias com o sp. braga resultam em quatro (4) pontos e não seis como devia . o golo tão mal anulado ao hugo viana em alvalade ainda cheira mal...

chalana tinha dito aqui neste blogue que o empate conseguido em braga pela sua pobre instituição (0-0) tinha sido bom e que tomara o sporting consegui-lo: mais uma vez errou. depois de bater o campeão mundial em alvalade (2-0), o boavista no bessa (0-4) seguiu-se o sp. braga (0-3) – tudo sem espinhas a candidatos ao título e com o melhor futebol deste campeonato, o mesmo apresentado nessa europa rendida ao jogo perfumado dos “leões” na uefa.

só a apaf e a liga de clubes impediram que o sporting festejasse o título de campeão em braga este fim-de-semana...

do outro lado está a medíocre instituição com o seu paupérrimo futebol. depois da palhaçada do jogo com o estoril no algarve (além de terem comprado o jogo aos estorilistas ainda roubaram a sua equipa satélite com um penalti não sancionado ao ricardo rocha; e a jogar contra nove...) seguiu-se novo escândalo frente ao belenenses.

já diz o provérbio: “não há nenhum treinador que jogue contra a instituição que não se queixe da arbitragem e do resultado falseado”. carlos carvalhal chamou tudo à arbitragem, indignado com todo o nojo a que assistiu: a porcaria é tanta...

no alguidar da luz (que só enche com o sporting e quando a equipa vai ganhando...), à semelhança de hélio santos contra o estoril, mário mendes resolveu o jogo. a instituição não sabe nem consegue jogar à bola – vive de livres, cantos... e penaltis! – e eis que frente ao belenenses foi o árbitro a decidir um jogo complicado para os benfiquistas...

o nojo do penalti marcado diz tudo sobre este campeonato. uma equipa ao colo, sem fio de jogo nem classe, vai falseando a verdade desportiva à medida que as jornadas passam – estamos cá nós sportinguistas para assegurar que esta mentira não caia em esquecimento. e garantidamente não cairá: chalana e glorioso sabem que de quando em vez os trato por calabote e sabê-lo-ão que serão para sempre ensombrados por esta mentira desportiva...

é este o dvd que o senil trapalhoni quer apresentar no final da época?...

post - ricardo rocha deveria ter sido expulso contra o estoril (mais o respectivo penalti). pior: este sarrafeiro ainda participa no penalti que mário mendes inventou na prisão da luz e conseguiu derrubar lourenço na área sem que o amigo mendes marcasse grande penalidade (e respectiva expulsão). mascararam o frango do quim e mais uma vitória que não seria mais que um empate ou derrota...


e então chalana - não se queixou chalana do penalti escandaloso do portista ricardo costa sobre o lourenço no restelo? em tudo igual a este: o que se diz agora? obrigado ao mário mendes...

post II – não sei se metade do ordenado de jesualdo ferreira continua a ser pago pela instituição (era assim pelo menos há um ano... - mais uma vergonha!), mas o banho dado pelo sporting em braga chegou a roçar a humilhação com tantos olés – digno de um benfiquista de lide a ser toureado...

post III - eis a lista (só dos últimos) assaltos da instituição/apaf/liga para ajudar ao dvd de trapalhoni:

1. nacional (- 2pontos)
2. gil vicente (- 2)

3. u. leiria (-1)
4. estoril (- 3)
5. belenenses (-2)


total: 10 pontos. a instituição/apaf/liga estaria a lutar com o boavista para a uefa...

*tanto roubo cheira pior que peixe podre: não houve um treinador destas quatro equipas assaltadas que não se tivesse queixado da arbitragem no final do jogo com a instituição/apaf/liga...

classificação do "campeonato dourado"

1º apaf/liga 61 pontos
2º sporting 58
3º famiglia 57
4º sp. braga 54
5º boavista 49

*o sporting brincou com todas estas equipas do top-5. mesmo o líder foi “playmobil” para os “leões” em alvalade e no alguidar da luz (este para a taça, com antónio costa em bom plano ao serviço das galinhas...).


há dúvidas de quem é a melhor equipa deste país?

post IV – mauricio pinilla: “pini pini pini pini gooool”. derrubou o alkmaar na corrida à final da taça uefa e fez um “hat-trick” fabuloso em braga...

Offsides da Organizacao
  • Apaf
  • Assoc. Treinadores
  • FPF
  • Sindicato dos Jogadores
  • Jogadores em Offside
  • Beto
  • Cristiano Ronaldo
  • Helder Postiga
  • Luis Figo
  • Ricardo Carvalho
  • Rui Costa
  • Simao Sabrosa
  • Clubes em Offside
  • Beira-Mar
  • Belenenses
  • Benfica
  • FC Porto
  • Moreirense
  • Nacional da Madeira
  • Penafiel
  • Rio Ave
  • Sp. Braga
  • Sporting
  • Vit. Guimaraes
  • Offsides da Escrita Nacional
  • A Bola
  • Bola Branca
  • Mais Futebol
  • O Jogo
  • Record
  • Relvado
  • Sport Tv
  • TSF desporto
  • Zero Zero
  • Offsides da Escrita Internacional
  • As
  • Bundesliga
  • Calcio
  • Calcio Mercato
  • Don Balon
  • El Mundo Deportivo
  • Football 365
  • Four the Game
  • Futbol Me
  • Give me Football
  • Goal.com
  • Guardian
  • Libre Directo
  • Liga Espanhola
  • Marca
  • Planet Futbol
  • Premier League
  • Servi Futbol
  • Soccer Base
  • Soccer Spain
  • Sport
  • Tifonet
  • Outros Offsides
  • Adufe
  • Afixe
  • Aviz
  • Blasfémias
  • Bomba Inteligente
  • Blogame mucho
  • Blogotinha
  • Causa foi Modificada
  • Contra a Corrente
  • Doce da Avozinha
  • Do Portugal Profundo
  • Gato Fedorento
  • Ideias Soltas
  • Janela para o Rio
  • Jaquizinhos
  • Mar Salgado
  • Memória Virtual
  • No quinto dos Impérios
  • O Período
  • O Vento lá fora
  • Semiramis
  • O Tronco da Teia
  • Weblog
  • Em Offside

    Powered by Blogger

    Estou no Blog.com.pt