quarta-feira, fevereiro 02, 2005

diferenças nos massacres

o sporting voltou a massacrar – usando aqui um termo utilizado por josé peseiro no final do jogo com o v. setúbal. massacrou os sadinos do primeiro ao último minuto: o quádruplo dos ataques, o septúplo dos cantos e esmagadora maioria na posse de bola (70 para 30 por cento). resultado mau, mas exibição boa da melhor equipa desta superliga.

este massacre faz lembrar os massacres nos dois encontros recentes contra a instituição. primeiro em alvalade (2-1); depois no alguidar da luz (3-3). foi tudo idêntico: mais ataques, mais remates, mais cantos, mais posse de bola para o sporting. isto são dados (factos), não são ilações evasivas – logo, são irrefutáveis.

mas o mais espantoso é que no final do encontro com o vitória (negativo em termos pontuais para o sporting, apesar de continuar à frente dos crónicos candidatos ao título – fc porto e boavista), é que ninguém, inclusive os adeptos sportinguistas, veio queixar-se do árbitro. pelo contrário, o que demonstra quão errado está o post do “glorioso” quando diz não haver árbitros para apitar as partidas do sporting…

diferenças.

se o sporting empatou os dois jogos (v. setúbal, e instituição, na luz) e venceu outro (frente à instituição, em alvalade), por que existem diferentes reacções aos encontros?

porque, ao invés do v. setúbal, para equilibrar os massacres a instituição teve de recorrer à apaf (associação portuguesa de árbitros de futebol). no primeiro massacre, o juiz duarte gomes teve de expulsar (mal) o rui jorge – trinta (30!) minutos antes de mostrar o vermelho ao tosco alcides. no segundo massacre, pfff, antónio costa não expulsou bruno aguiar por uma entrada escandalosa aos 54 minutos (a única dúvida seria a expulsão por violência, por liedson ficar isolado ou por ter sido uma entrada por trás). antónio costa decidiu-se… pelo cartão amarelo! mais tarde viria a expulsar hugo viana por teatro shakesperiano de joão “palhaço” pereira.

são as diferenças nos massacres.

o sporting teria ganho estes dois jogos com a pobrezinha instituição, mas duarte gomes e antónio costa (melhor dupla que maxi lópez-robinho) não deixaram. quanto ao v. setúbal – jogasse como jogou no alguidar da luz (em 4-3-3 e sem medo do opositor, como quase todos o fazem…) em vez de colocar dois autocarros na sua baliza e, se calha, o resultado teria sido outro. mas esteve bem, tal como o árbitro hélio santos.

post – fica trapattoni. ou então, promovam o álvaro magalhães; mas prolonguem esta agonia. ou ainda: façam como “la famiglia” e contratem um treinador tipo-josé-couceiro.

post II – não sei quem calhou à instituição na taça de portugal, mas o antónio costa vai defrontar o beira-mar. do tanque silva…

post III - quando me referi aos candidatos crónicos ao título e não coloquei a instituição não estava a brincar. é à séria. são factos (mais uma vez irrefutáveis). neste século, portanto falo do presente (esqueçam o eusébio...), os únicos campeões foram o sporting, fc porto e boavista. é triste, mas é a dura realidade - outrora grandes e ao colo do estado novo, à instituição resta-lhe agora o lugar ao pé de um v. setúbal ou belenenses na disputa pelo título do quarto grande.

8 Comments:

Blogger Verdinho said...

A registar;

"à frente dos crónicos candidatos ao título – fc porto e boavista"

EHEHHEHEHEHHEHEHE

"melhor dupla que maxi lópez-robinho" - que já eram certos na "instituição", segundo alguns jornais desportivos (A Bola)

EHEHHEHEHHEHEHHEH

10:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Cuidado, que eles agora têm o Delibasic. Já imaginaram bem aquele poderio ofensivo?
Não?!
Então vejam só:
-Mantorras (já tem os dois joelhos?)
-Nuno Gomes (esse goleador)
-Sokota (tem uma mulher bem avantajada, do ponto de vista estético, claro)
-Delibasic (com um pouco de sorte, mostra mais que o Washington Rodriguez)
e...não podia deixar de fora esta grande promessa do futebol lusófono:
- MAWETTE JUNIOR!

3:22 da manhã  
Blogger Glorioso said...

O massacre foi tão grande que não deu num golo que fosse. Foi preciso o Auri empurrar a bola para a própria baliza para que o candidato ao título conseguissem empatar (é que o Liedson não marcaria, pois demonstrou no jogo estar ainda com jet-lag).

Os resultados do futebol passam agora a ser contabilizados de outra forma (pelo menos nos jogos do Sporting). Cantos obtidos, remates efectuados, tempo de posse de bola - os fora de jogos assinalados também contam?????? Golos, isso é que não vale a pena. Isso são detalhes. Já estou a imaginar... Sporting vence Marítimo por 7 cantos a 2, depois de ter empatado a 3 foras de jogos.

Mas o post do meu caro Travassos tem coisas muito importantes, se exceptuarmos os devaneios. Ficamos a saber que há um árbitro que pode arbitrar jogos do Sporting. Hélio Santos. E que o Benfica não é um candidato ao título. E ainda que o que conta são os títulos conquistados este século, quando o futebol a cores foi inventado.

Não me esquecerei

3:30 da tarde  
Blogger Benfica said...

Caro Travassos, não sei se te apresentas a cores ou a p/b. Parece-me com só gostas de ver em RGB e por isso sugiro-te um nome mais actual como por exemplo: Pinilla, um baluarte do futebol total praticado pelos de Alvalade.
Em relação ao teu texto parece-me que a indigestão continua, passados tantos dias da eliminação dos "Paralíticos" na Catedral. A tantos anos que vocês reclamam dos árbitos que já ninguém vos liga. O Scp está a ser prejudicado.... coitadinhos. E então os 18 penaltes fidelidade no ano do Jardel, nesse ano vcs não reclamavam, pois não?
Tem calma que eu tenho quase a certeza que vcs ainda vão ser campeões esse ano....
ehehehehehheh
Terceiro Anel

4:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quem ler estes dois últimos comentários, sem ter visto o jogo, até vai pensar que o Sporting foi dominado, em casa, pelo Setúbal. Realmente, massacre mesmo foi aquele do Benfica, em casa, contra o Beira-Mar. Esse sim, foi uma valente "jogatana" por parte do Benfica... Tenham juízo!

Ass: Mitras Robalésios

2:56 da manhã  
Blogger Glorioso said...

É verdade Mitras. Para um clube que não é candidato ao título, como o Benfica (de acordo com a opinião do bom Travassos), não foi uma exibição nada má. Até eliminámos o todo-poderoso Sporting, a melhor equipa do futebol português e candidato ao título!

É certo que o Sporting ganhou por 10 cantos a 1 e 23 remates à baliza contra 6 (terá sido esta a contabilidade), mas o Benfica acabou por se impor nos remates ao lado da baliza (3 contra 2) e nos penaltis... acho que foi 7-6. Resultado eliminação do Sporting...novamente.

2:41 da tarde  
Blogger Travassos said...

a instituição não ser candidata ao título não é uma opinião minha. está nas estatísticas - esses números reais, frios, que os benfiquistas não gostam nada de enfrentar (não ganham nada há muitos anos; estão atrás do boavista...). mas gostam de inventar números: alguém disse que eram 6 milhões (isso já gostam); o lf vieira disse que iam ser 500 mil sócios; etc.

e não se preocupem os benfiquistas com o assalto na taça de portugal. o dia da infâmia (26/1/05), esse, não será esquecido. pelo menos por aqui. antónio costa é o o calabote dos nossos tempos - se o outro não esqueço nem ninguém esquece, a este faço a mesma questão de não o fazer cair da lembrança...

o senhor terceiro anel (mais um nome falhado no tempo, pois já nem isso têm...) lembra os penaltis de jardel (ainda?!... deve doer tanto...). lembro só que deviam ter sido 19 no total: faltou um ainda por marcar, na luz... memória, meu caro!

8:48 da tarde  
Blogger Glorioso said...

Meu bom Travassos. Se há número ou estatística que é impossível negar são os 17 anos sem o título de campeão nacional do Sporting. Inegável.

4:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Offsides da Organizacao
  • Apaf
  • Assoc. Treinadores
  • FPF
  • Sindicato dos Jogadores
  • Jogadores em Offside
  • Beto
  • Cristiano Ronaldo
  • Helder Postiga
  • Luis Figo
  • Ricardo Carvalho
  • Rui Costa
  • Simao Sabrosa
  • Clubes em Offside
  • Beira-Mar
  • Belenenses
  • Benfica
  • FC Porto
  • Moreirense
  • Nacional da Madeira
  • Penafiel
  • Rio Ave
  • Sp. Braga
  • Sporting
  • Vit. Guimaraes
  • Offsides da Escrita Nacional
  • A Bola
  • Bola Branca
  • Mais Futebol
  • O Jogo
  • Record
  • Relvado
  • Sport Tv
  • TSF desporto
  • Zero Zero
  • Offsides da Escrita Internacional
  • As
  • Bundesliga
  • Calcio
  • Calcio Mercato
  • Don Balon
  • El Mundo Deportivo
  • Football 365
  • Four the Game
  • Futbol Me
  • Give me Football
  • Goal.com
  • Guardian
  • Libre Directo
  • Liga Espanhola
  • Marca
  • Planet Futbol
  • Premier League
  • Servi Futbol
  • Soccer Base
  • Soccer Spain
  • Sport
  • Tifonet
  • Outros Offsides
  • Adufe
  • Afixe
  • Aviz
  • Blasfémias
  • Bomba Inteligente
  • Blogame mucho
  • Blogotinha
  • Causa foi Modificada
  • Contra a Corrente
  • Doce da Avozinha
  • Do Portugal Profundo
  • Gato Fedorento
  • Ideias Soltas
  • Janela para o Rio
  • Jaquizinhos
  • Mar Salgado
  • Memória Virtual
  • No quinto dos Impérios
  • O Período
  • O Vento lá fora
  • Semiramis
  • O Tronco da Teia
  • Weblog
  • Em Offside

    Powered by Blogger

    Estou no Blog.com.pt