sexta-feira, janeiro 28, 2005

Bela fotografia

Eu, um dos representantes do Benfica neste espaço, que assino por Glorioso, confesso, desde já, a minha enorme ternura e simpatia pela fotografia do Simãozinho a beijar o leãozinho. Lanço até um apelo para a publicação de mais fotografias do mesmo teor.

É quase poético ter esta foto na nossa mente e assistir aos golos do internacional português ao clube dos bichanos. Por enquanto já são dois. O último dos quais, então, fenomenal. Eu proponho até que por cada golo se publique uma foto do mesmo género. Talvez com o Simão a beijar o equipamento Stromp (bem mais bonito do que a vestimenta prisional adoptada nas últimas décadas).

E como deve doer aos sportinguistas ver o rapazinho festejar os golos do Benfica sobre o Sporting. Aliás, basta ver o comentário de Manolo Vidal para perceber como custa...custa...custa...

42 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Golo fenomenal? Os benfiquistas andam mesmo na mó de baixo. O maior frango alguma vez visto no novo estádio do Benfica é considerado, pelos benfiquistas, como um golo fenomenal? Como poderão, alguma vez, considerar fenomenal um golo desse calibre, por parte do anão palmilhas, com a plena colaboração do guarda-redes Tiago, quando o pior jogador do mundo - Paíto - marca o verdadeiro GRANDE golo naquele encontro? Mais uma vez, se prova o tremendo erro do Sporting na formação do carácter daquele jogador, pois tornou-se exactamente no jogador que encarna tudo o que o Benfica representa: falta de carácter, de ambição e de classe. Triste, triste é ver a festa que é feita na segunda circular quando aquela "turma de vermelho" consegue eliminar um adversário que, apesar de jogar com menos um jogador - quando deveria ser precisamente o contrário - dominou por completo a equipa da casa. SEMPRE A COMBATER!

3:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O meu comentário vai para o escrito do anónimo sobre o golo do Simão. Apesar de benfiquista, não estava no estádio e por isso o golo do Simão foi FENOMENAL duas vezes, ou seja, uma espécie de Twix no futebol pois satisfez mais de SEIS MILHOES DE PORTUGUESES, sim somos mais de 6 MILHOES, caro anónimo, pois só de alguém anónimo e lagarto poderia vir um escrito destes, mas já lá vamos ás questões de carácter. Voltando ao golo do Simão e porque lhe chamo um GOLO TWIX,satisfaz duas vezes, não só fez com que voltássemos à igualdade, como foi um golo espectacularmente marcado, sem culpa para o pobre TIAGO, que sem saber estava mesmo deitado aos Leões, quem nem um cristão no tempo do império Romano, mas também FENOMENAL e sobretudo porque calou o Sr. Gabriel Alves, que com todo o mérito que tem, quanto mais não seja antiguidade que na minha opinião ainda é um posto, deveria ser um pouquinho mais isento na sua profissão, como um jornalista desportivo que eu conheço que quando trabalha, apesar de lagarto, é isento. No momento em que este Sr. dizia que o detentor da taça começava a larga-la, o nosso Simão, encheu o pé e resolveu. Não é o Liedson mas resolveu e a taça não ardeu. Infelizmente para a lagartada presente, Simão lembrou-lhes que não só não eram eles os detentores da taça, como também podiam nem chegar a ter a hipótese de a conquistar. Foi fantástico.
Quanto à construção de carácter, apenas posso dizer que se trata de uma falha colectiva a ausência de carácter de quem passa por tal instituição desportiva ou mesmo quem a venera, e prova é que quem tem coragem assina o que diz. Não tem problemas em assumir a sua opinião sobre aquilo que for, e ISTO para mim é carácter.
Ainda em relação à eliminatória perdida, como dizia o outro....
DOI, NÃO DOI??!!

Assinado – Águia Vitória (sim porque as mulheres também gostam de futebol)

3:44 da tarde  
Blogger Travassos said...

golo "twix" porque favoreceu duas equipas - a instituição e o antónio costa... mais: simão só marcou aquele golo porque houve uma falha de marcação, proveniente do insuficiente número de jogadores do sporting em campo (hugo viana foi expulso...).

já nem comento a história dos seis milhões. a instituição não tem adeptos, tem "seis milhões"; não tem um estádio, tem uma "catedral"; não jogam futebol, jogam "à benfica". não vêem que isso é soberba a mais para quem é tão pequenino!? lembra as novelas do eça de queiroz sobre os portugueses no estrangeiro - traz à memória a personagem do saloio jacinto n'"a cidade e as serras"...

já assisti ao vivo ao espectáculo circense do milhafre vitória. o povo (os jacintos...) delira com aquilo e o pateta do "tratador" põe-se ao pulos... tsss. é tudo tão "cabaret da coxa" - não o do unas, mas o verdadeiro.

quanto à taça, a competição da instituição, do v. setúbal e boavista, é bom continuar lá porque a superliga é para os mais fortes...

6:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A única coisa que dói é verificar que ainda existem Calabotes nos dias que correm. Claro que os benfiquistas, habituados às belas exibições proporcionadas pela sua equipa dentro (e fora) das quatro linhas vibrem tanto com um golo que, embora consista num remate forte, de muito longe, não deixa de ser uma falha - de muitas - daquele guarda-redes, francamente mau. Golos fenomenais foram o do Viana e do Paíto - talvez o pior jogador do Mundo. Fenomenal foi o banho de bola proporcionado pelo Sporting no fantástico Alguidar da Segunda Circular. Fenomenal foi a falta de discrição do senhor António Costa relativamente à sua amizade com o senhora - nada benfiquista - Cunha Leal. Mais fenomenal que isto tudo é, ainda, a falta de classe que toda a "instituição" representa - tanto pelos seus dirigentes, como pelos seus associados - verificada agora no "excelente" comentário da Águia, que, na falta de argumentos, não deixa de recorrer a supostas pseudo-injúrias como "lagartos" e falar em falta de carácter por não ter assinado o meu comentário.
Assim sendo, vou passar a assinar cada um dos meus comentários para não ser acusado de não possuir carácter - assim como o Anão Palmilhas.

Ass: Mitras Robalésios
Ass:

3:05 da manhã  
Blogger Glorioso said...

O golo de Simão foi, realmente fantástico. Por que foi um remate em potência, de muito longe, inesperado e... digo eu, com aquela ponta de raiva que caracteriza os jogadores com classe. Simão tem classe. É claro que custa aos sportinguistas verem um-ex atleta seu, ir brilhando pelos relvados. Pior. Marcar à equipa que já representou mas que está, definitivamente, atrás das suas costas.

Simão é bom. É um dos mais exímios marcadores de livres e penaltis que Portugal tem. E já agora, é internacional português, coisa que na actual formação leonina, poucos se podem gabar!

Claro que aos sportinguista dói muito, dói mesmo muito estar mais um ano fora da Taça de Portugal. Aliás, é uma característica dos "lagartos" desvalorizarem as provas onde não participam e valorizarem aquelas onde ainda estão em prova. A Taça UEFA, por exemplo, é uma competição fantástica. Quase tão importante como a Liga dos Campeões, só pelo facto de ainda não terem sido eliminados. A Taça de Portugal é, portanto, uma prova menor AGORA que já estão fora dela.

Por nós, benfiquistas, tudo bem. Pode ser que contabilizemos mais uma Taça. Somos aliás quem tem mais. Já levamos 24 e se vencermos este ano, ficaremos com tantas quantas as ganhas por Sporting e FC Porto juntos. Somos tão melhores!

9:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais uma vez friso aqui que o golo do Simão não passa de um grande frango do guarda-redes suplente do Sporting. Não ponho, nem alguma vez pus, o talento desse jogador. Sim, é um bom jogador mas de um carácter deveras dúbio, para não dizer pior. Por outro lado, o valor da Taça de Portugal é equivalente ao valor dos jogadores da "instituição", ou seja, não é nulo, mas para lá caminha - basta recordar a edição cuja final foi disputada entre Beira-Mar e Campomaiorense. Não é, decerto, pelo facto do Sporting já não contar com essa frente que retiro o devido valor desportivo a tal competição. É sempre bom ganhar, nem que seja o Torneio Cidade de Lisboa. Mais valor que a Taça em si, tinha este derby. Claro que para o Benfica - e para os seus simpatizantes, os tais 6 milhões (ahahahaha) - tal competição tem todo o valor possível e imaginário. Pudera! Foi o único troféu que ganharam nos últimos 10 ou 11 anos! "Qual Primeira Liga, qual quê! A Taça é que é! Até serve para beber o tinto!". Quanto ao valor da Taça Uefa, nunca pensei sequer em compará-la à Liga dos Campeões e, no entanto, nem esperanças tenho de que o Sporting venha a conquistar tal troféu. Aliás, nunca vi comparação mais descabida, mas compreendo. Há falta de argumentos...
Boa sorte para a Taça, para a próxima pré-época e para a Supertaça. Nós cá nos contentaremos em tentar ganhar o campeonato...

Ass: Mitras Robalésios

2:31 da manhã  
Blogger Glorioso said...

De facto, já houve tempo em que os sportinguistas atribuiam um valor inusitado à Taça de Portugal. Penso que foi quando ela permitia aceder a uma Taça das Cidades com Feira, mais tarde Taça das Taças, o único troféu internacional que o Sporting conquistou, a única final europeia onde o Sporting esteve. Aí sim, a Taça de Portugal tinha valor. Agora parece que já não tem.

Nós, benfiquistas, continuamos a dizer que a Taça continua a ter o valor que tem. É a segunda competição nacional mais importante. Também nós tentaremos vencer o campeonato, mas a par disso, tentaremos também vencer a Taça. Coisa que o Sporting, mais uma vez, não conseguirá. Aliás, as últimas duas vezes que o Sporting venceu o troféu teve que derrotar na final poderosos adversários, como o Marítimo e o Leixões. Uau!

Já em relação ao Simão, se não está em causa o seu valor enquanto futebolista, mas apenas o seu carácter humano, presumo que o Mitras tenha privado com o jogador frequentemente. É que não vejo outra forma para ele garantir a pés juntos que ele, como pessoa, não tem o mínimo carácter. Ou será por ir marcando golos como o da Luz, contra o Sporting, quando na baliza estava o guarda-redes suplente do Sporting (que parece não prestar para defender as balizas leoninas)?

2:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Coitadinhos.... pelos vistos falta de memória é algo que grassa pelos lados de Alvalade!

Andam tão inchados, tão inchados que se esquecem que que durante quase exactamente 12 anos tb nada ganharam e que curiosamente antes de serem campeões ao fim de 18 ANOS!!!! o troféu que conseguiram ganhar foi exactamente a Taça de Portugal, que hj tanto desdenham... Convém só lembrar que a mesma não foi ganha contra o Benfica ou o Porto, mas sim por uma daquelas equipas que o Sr. Mitras diz fazerem desmerecer a festa e torná-la quase inútil.

Mas, de facto o Sr. Mitras tem razão. A Taça acaba por ser um trofeú, cada vez com menos utilidade e com equipas de menor prestigio!!! Ele recordou-se e bem do Beira-Mar-Campomaiorense, eu para o efeito recordo-me ( e não foi há tantos anos assim) de um Sporting-Leixões!!! De facto nada mais prestigiante!!!!


Assinado:
DV- Diabinha Vermelha

3:02 da tarde  
Blogger Travassos said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

6:33 da tarde  
Blogger Travassos said...

vários erros no post da dv. como é usual nos textos dos benfiquistas, que têm lapsos graves de memória.

1. não foram 18 anos, mas sim 17 o tempo que o sporting esteve sem ganhar a principal prova nacional
2. a taça é uma prova tão insignificante que poucos se lembram do triunfo na final com o marítimo (2-0, golos de iordanov), no ano referido pel dv
3. como se pode ver não existe falta de memória; pelo contrário...
4. não andamos inchados - dar um banho de bola à instituição na luz todos dão (desde o beira-mar passando pelo gondomar), por isso o empate com o antónio costa (3-3) não foi nada de mais. agora, voltar ao marquês para tirar de lá um lampião que está a festejar durante uma semana é anedótico...

6:35 da tarde  
Blogger Glorioso said...

Bom Travassos.

Como companheiro de clube da Diabinha, agradeço a rectificação. É bom sermos rigorosos. Afinal de contas, foram mesmo 17 anos sem ganhar o campeonato. Mas acho que a diabinha merece desculpa. É que nós, benfiquistas, não estamos habituados a tão prolongados hiatos de tempo sem ganhar.

Já em relação à Taça. As duas últimas que vocês conseguiram ganhar, como tinha escrito no meu post anterior, foi contra as poderosas equipas do Leixões e Marítimo. Fantástico! Mas é melhor não desdenhar esta competição. Afinal de contas foi por causa dela que o Sporting conseguiu vencer a única tacita europeia que tem no currículo (contra outro clube cheio de história no futebol europeu - o MTK Budapeste) e também é graças à Taça de Portugal que lá conseguiram ir a uma finalzita europeia.

8:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não percebo uma coisa, senhor Glorioso, porque me vem falar do suposto valor dado a uma competição numa altura em que nem eu, nem vossa excelência éramos sequer nascidos? A Taça das Cidades com feira? Nem na rádio eram transmitidos tais encontros! A Taça das Taças ganha pelo meu clube não possui qualquer valor para mim - a não ser o estatístico - pelo simples motivo de que eu nem sequer pensava em nascer! Claro que para os benfiquistas esta era deverá ser sempre recordada, pois era a única em que ganhavam qualquer coisinha. Por outro lado, vem reforçar a minha teoria da falta de valor da Taça de Portugal. Tem uma competitividade tão grande - ou tão pequena - que o Sporting já a disputou com o Marítimo e com o Leixões - equipa de segundo escalão. Mais uma vez, compreendo a importância dada pelos simpatizantes da "instituição" a esta competição: é uma das poucas possibilidades que têm de ir às competições europeias. Tentarão vencer o campeonato? Então porque jogam como quem luta pela manutenção? Não se iludam! A vossa competição é a Taça e é aí que têm que focar as vossas atenções! Nós por cá, tentaremos destronar o Sporting de Braga do primeiro lugar da Superliga! Em resposta à diabinha vermelha (um bocadinho mais puxado, e tinha o nick de Cátia Vanessa, ou Tatiana Soraya), não compreendo o porquê de achar que nós, sportinguistas, andamos inchados. Inchados por estarmos em segundo lugar, quando ainda faltam tantas jornadas para o fim do campeonato? Não, nós os Sportinguistas, não somos campeões antes do fim do campeonato, também não somos campeões na pré-época e também nunca nos apelidámos "campeões da Taça". Isso é do outro lado da Segunda Circular. Boa Taça!

8:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tinha-me esquecido de comentar o que o senhor Glorioso tinha dito quanto ao Simão. Nunca privei com o Simão, tal como nunca privei com o Paulinho Santos, com o Mcarthy, com o Jorge Costa e outros que tais, mas soube sempre traçar um perfil relativamente ao carácter desses jogadores. Baseio-me sim, nas afirmações feitas pelo jogador, momentos antes de sair do Sporting e no momento do seu ingresso nas fileiras do clube da Luz, e isso só é suficiente para mostrar o carácter tacanho de um bom jogador, mas uma pessoa que deixa muito a desejar - nem preciso de mencionar os comentários tecidos por este, aquando da saída de Luís Figo para o rival madrileno. Basta até comparar com o tipo de declarações feitas por Ricardo Quaresma, antigo jogador do Sporting, formado no clube, aquando da sua contratação por parte do Futebol Clube do Porto - esse sim, um clube que pode falar em conquistas europeias, pois a Taça dos Campeões por eles conquistada, no ano passado, não tem teias de aranha nem cadáveres fossilizados.

Ass: Mitras Robalésios

8:21 da tarde  
Blogger Travassos said...

quando o bom amigo glorioso se refere à final de 1964 da taça das taças com o mtk de budapeste (em que lhe é retirado todo o mérito), este benfiquista, acometido como todos os outros de uma falha de memória incrível, esquece-se de várias coisas. uma delas é a eliminação do manchester united (5-0 em alvalade) no caminho para a final. mais: este foi o mesmo manchester united que derrotou a instituição uns anos depois (4-1), em 1967/68.

qaunto ao jejum benfiquista... já vão lançados para ultrapassar o dos portistas, de 19 aninhos...

3:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Antes de mais, peço desculpa pelo meu lapso de memória qt aos anos em que a colectividade do Lumiar ficou sem ganhar a mais importante competição Nacional!

Realmente muito se escreve e debate ainda sobre o jogo de 4ª feira.

Assim, e para não perder o hábito aqui estão as minhas novas considerações!

1º- É normal que alguns sportinguistas desmereçam a Taça das Taças ( verdadeiramente a única competição internacional que ganharam ) uma vez que à data talvez não fossem nascidos. Também a recíproca possa ser verdadeira para alguns benfisquistas que não eram nascidos no tempo dos grandes feitos...
Mas mm com este hiato de tempo entre 94 e os dias de hj sem ganharmos a mais importante competição nacional, ainda me consigo lembrar com toda a clareza da final da Taça dos Campeões contra o PSV ou contra o Milan de Gullitt e Cia, ou da meia-final contra o Parma... e garanto-vos, meus amigos, estou longe dos 30!!!

Será que o Sr. Mitras poderá dizer o mm. Ou o baú das memórias dele têm que ser reavivadas ( na sua grande memória) por alguém que há época dos grandes feitos fosse de facto nascida!!!

2º Qt aos inchados.... não era de facto nenhuma alusão ao 2º lugar da SL ( a única competição na qual de facto se podem concentrar, pois nada mais têm!!! E podem barafustar, reclamar o futebol mais bem jogado, que a realidade é que à data em que vos escreve o Benfica continua a ser uma das equipas portuguesas com possibilidade de fazer a dobradinha e a única a estar em 3 ftes!! Esta é a realidade! Nenhuma ilusão). O inchados dizia respeito ao facto de acharem que depois de ganharem ao Benfica em Alvalade ( jogo bem ganho, por sinal) o fariam tb em casa do Benfica, mas com o acréscimo de os eliminarem da competição... menor! Aconteceu o que acontece quase sempre nos derbies! o que aconteceu o ano passado no Alvalade XXI. O Sporting jogou, jogou, mas acabou por perder o jogo! Deve ser isso que vos dói na alma, daí todas as justificações possiveis e imaginárias para justificar (passe a redundância ) a derrota!!

Só uma notinha: não esquecer a parte fundamental de um jogo de futebol: marcar golos!!!! É agradável ter bons jogadores, jogar bom futebol, ter excelentes notas no dia a seguir ao jogo em todos os jornais desportivos, mas o fundamental, a regra básica do futebol é marcar golos... ganha quem mais marca!!!

V. Setúbal é tb um bom exemplo.

3º Ontem pude ver o Sr. Dias Ferreira no Dia Seguinte na SicNoticias ( é verdade, tenho este grave pecadilho para grande desgosto da minha mãe, gosto MUITO de Futebol)e constactei que de facto a falta de memória é uma grande falha para os lados de Alvalade.

Ainda se discute a atitude do João Pereira ( que foi anti-desportista e que tb condeno!) e esse senhor fê-lo com toda a veêmencia, qual leão enfurecido! Esqueceu-se, ou melhor, não se lembrou que quem tem telhados de vidro, normalmente não deve atirar pedras! Resumindo: passaram-se talvez 2 meses e continuo à espera que algum adepto, simpatizante ou dirigente do Sporting venha para a praça pública condenar com tanta veêmencia a atitude do Ricardo num jogo com a Académica em que " expulsou" um jogador da Académica com a sua interpretação!!! Os Óscares estão perto... que tal João Pereira vs Ricardo?!

Ah, talvez o Sr. Dias Ferreira não tenha visto, juntamente com tantos sportinguistas!!! Ou simplesmente fizeram o que todos, nós comuns mortais fazemos... qd é aos outros não nos importam, mas qd é connosco dói, não dói!!

Fico com a esperança de que ele possa fazer a sua retractação na pxma 2ª feira. Se entretanto recuperar a memória!!!!

4º SLB- 2 Duarte Gomes-2

Alguém se recorda... época de 01/02; Mário Jardel; " penalty" a 5 minutos do fim qd o resultado era 2-1.

Nessa altura, aposto que não vos doeu na alma e até deram boas gargalhadas!!!

Ai, essa memória, meus caros.

Ass:
DV

3:38 da tarde  
Blogger Travassos said...

cara dv:

mais uma vez o seu post encontra-se pejado de erros. alguns culposos outros por falta do saber. ir buscar duas finais da taça dos campeões europeus para este fórum quando uma delas ficou registada como uma das piores de sempre - e vangloriar-se - é descaramento.

1. a final com o psv (penalti do senhor veloso) foi tão má que foi a partir daí que a uefa começou a poderar uma liga para tornar a prova mais interessante - a liga dos campeões!

2. o jogo de acesso a essa final ficou marcado por uma das mais nojentas meias-finais da história da uefa. a mão de vata é ainda hoje alvo da maior chacota internacional. seja em marselha ou se estenda até paris... mais uma vez, a instituição manchou o nome de portugal!

3. a final com o ac milan ficou marcada pelo golo do sportinguista rijkaard, apesar de dv se referir à equipa milanista como "gullit e cia".

4. relembrar as meias-finais já chegar a ser humilhante, num blogue partilhado com portistas... relembrar o golo de sensini em parma contra a instituição é como ir buscar o golo de klinsmann que impediu o sporting de ir à final da uefa em 1991. pior: faz mesmo lembrar o "kataklinsmann", quando o bayern munique humilhou (mais uma vez o nome de portugal manchado) a instituição com quatro secos...

dv, que diz estar longe dos trinta anos, sofre de uma doença geriátrica. todos os grandes títulos da instituição ou são a preto e branco ou passam agora no canal história. eu sei que custa, também o everton já foi o maior de inglaterra...

e fico comovido com tanta sinceridade quando dv diz que é sempre a instituição a jogar menos e o sporting mais, tipo uma espécie de setúbal ontem em alvalade...

e não vá buscar o penalti do jardel - já foi escrito por mim neste blogue (vá aos arquivos). nesse jogo, em que o árbitro marcou um penalti-fidelidade-simão contra o sporting (pela bola na mão de beto) ficou um por marcar logo aos cinco minutos, falta de argel sobre super-mário!

ai essa memória, cara dv...

esta lição fica-lhe de graça, pois estou bem-disposto

4:33 da tarde  
Blogger Chalana said...

Meu caro travassos, estou verdadeiramente espantado com a sua enorme falha de memória.
Então vejamos, a célebre final com o PSV em Estugarda, a célebre do penalty, foi precedida de uma das mais gloriosas noites do antigo estádio da Luz. Foi com o Steaua Bucareste, com 120 mil nas bancadas, e com dois golos fabulosos de Rui Águas ainda na primeira parte.
Dois anos depois (dois anos, não é para todos), foi a célebre meia-final com a mão de Vata, que ainda hoje se discute, mas sobre o Sr. Tapie é melhor não falar.
Espantoso, é falar de Frank Rijkaard. Travassos, essa, eu não esperava, que tu tivesses coragem em falar de um jogador que foi jogador do sporting durante horas (se é que alguma vez foi), na célebre altura em que reinava a época bigodes-água no sporting.
Quanto a humilhações, havia tanto para dizer e este post foi apenas para repor a verdade dos factos.

4:48 da tarde  
Blogger Travassos said...

portanto, caro chalana, só muda a meia-final, o roubo, esse, está lá. o que é triste é ver que os benfiquistas aceitam o roubo, não a data dele... tsss

aos filhos, resta aos benfiquistas dizer isto: títulos nem os vi; tudo o que sei é a preto e branco e pela tv; quanto a roubos assisti ao vivo e a cores...

vergonha! deviam ter vergonha até para responder ao meu post...

5:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Antes de mais, meu bom Travassos, mto obrigada pela lição... de graça!!! Fico extremamente comovida!!

Peço tb desculpa, por não ter mencionado que o golo da final contra o Milan tenha sido marcado por um sportinguista desde pequenino ( vulgo F. Rijkaard!). É uma grande falha de memória da minha parte!!! De facto não me deveria ter referido a essa equipa como Gulitt e Cia qd havia tão bons jogadores para mencionar!!!

Já agora, e já que estamos a falar de grandes jogadores do Sporting ( nem que seja por horas) que marcam golos à Instituição porque não falarmos do Eusébio.... jogador do Sporting de Lourenço Marques..... e por horas... quase jogador do SCP!

Qt ao meu problema geriátrico, talvez tenha razão, meu bom Travassos! Mas o que continua a ser um facto é que a preto e branco ou no canal Memória, os grandes títulos ou as grandes vitórias da Instituição continuam em maioria. Curioso tb é o facto de mm na época da televisão a cores e mesmo no Canal Memória, tenho alguma dificuldade em ver mtos grandes títulos ou mtas grandes vitórias da Colectividade do Lumiar!!! ( Pq será???? – parafraseando tão grande jogador; o Super-Mário)

Se calhar tenho que juntar ao meu problema de memória tb um problema de visão!!

Qt a humilhações e manchas ao bom nome da Nação, como diz o meu caro Chalana, haveria tanto para dizer!!!!

E já agora, Sr. Travassos, se me permite uma pergunta mais directa e se calhar particular; gostaria de saber pq razão o senhor se refere sempre ao Benfica, como a Instituição? ( sempre em itálico- para reforçar a sua conotação pejorativa). Faz o mm qd se refere ao FCP?

Vou ser sincera. Penso ter uma pequena ideia do motivo ( que acho ser comum a quase todos os sportinguistas), mas assumo que gostaria de ver escrito por si.

Peço que não leva a mal a pergunta, é só curiosidade.

DV

11:33 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Triste, triste é ver o Glorioso e a DV a exaltarem títulos que nunca sequer viram ganhar. Ouviram dizer e conseguiram encontrar tais registos num qualquer alfarrabista.

P.S. - Olhem, ir à final, pouco interessa. Interessa mesmo é ganhar o título.

1:56 da tarde  
Blogger Glorioso said...

Os posts já são muitos, mas vou tentar centrar-me no essencial, para não ser enfadonho.

Primeiro. Era interessante saber até onde se pode recuar no que ao número de títulos diz respeito. Passa a ser passado repleto de teias de aranha se falarmos do ocorrido antes do último título do Sporting? É que para os sportinguistas que têm aqui vindo parece que sim. Sejamos sérios e não facciosos. O palmarés e historial de um clube é feito com todos os títulos ganhos na sua história. Seja a preto e branco ou a cores. Por isso, o Benfica é o clube português com maior palmarés a nível nacional e o segundo com melhor palmarés internacional (pois, infelizmente para mim, foi ultrapassado nos últimos anos pelo FC Porto). E isto, é indiscutível.

Já agora, e para falarmos dos títulos a cores. O Benfica é o clube em Portugal com mais títulos nacionais e mais Taças de Portugal ganhas depois do 25 de Abril. Só na SuperTaça, a terceira competição nacional em nível de importância, não lidera. E por favor deixem de ser facciosos.

3:57 da tarde  
Blogger Travassos said...

o síndrome eusébio.

resposta a dv e a "glorioso":

os benfiquistas sofrem, há muitos anos, daquilo a que se chama "síndrome eusébio". pior: tem vindo a agudizar-se com o jejum. cientificamente isto explica-se pela necessidade enorme de justificar o fracasso actual da instituição: não ganham nada há anos e é uma aflição tenebrosa poder sustentar o título de adepto benfiquista (título monstruoso para quem tem menos de 60 anos...).

tudo o que sabem acerca da história da instituição foi-lhes contado. passado palavra-a-palavra, quais cancioneiros. e todas (TODAS) as conversas dos benfiquistas acabam em... eusébio (símbolo do antigo regime e do ultra-mar).

e as humilhações da instituição nessa europa (uefa) - peleja que chalana não quis entrar - e dv mencionou "en passant"? não falam. porque têm telhados de vidro. por muito que tenham a dizer sobre os outros clubes, nada se comparará ao massacre de vigo...

post - cara dv, refiro-me ao benfiquinha como instituição porque é assim que lf vieira chama ao seu clube (um misto de alverca-luz-pneus). em itálico, porque instituições há muitas... quanto ao fc porto, trato-o simplesmente por "la famiglia", um termo muito utilizado pelas máfias italianas. não escondo: são dois cancros da sociedade portuguesa, à espera de serem extirpados. fazem mal ao país...

7:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O post do Glorioso é, deveras hilariante! Aliás, cada vez que vejo na televisão, os adeptos do Hamburgo, vejo sempre uma felicidade e alegria de viver loucas, por terem conquistado a Taça dos Campeões Europeus, em 82/83 - que, diga-se de passagem, difere, em 20/21 anos, desde a última conquista europeia por parte do Benfica. É uma alegria louca, só falta estar escrito na sua testa "NÃO GANHAMOS NADA, MAS OS NOSSOS PAIS FORAM CAMPEÕES EUROPEUS EM 82/83!".
Este blog provoca-me mais gargalhadas que o Seinfeld!

Ass: Mitras Robalésios

3:39 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Confirmam-se as suspeitas!!!! Existe ainda uma outra síndrome.

Não estamos só a ser invadidos pelo tão famoso surto gripal ( alerta lançado há dias pelo Serviço Nacional de Saúde- já que mais de 12 mil já padeceram de tal maleita), existe entre nós um surto maior, ou melhor uma síndrome de maior dimensão que fustiga mais de 12 mil pessoas; talvez 1 milhão, 2, 3.... ( mas c/ certeza não 6 milhões!!!)

Falo da síndrome: “ Falta-nos um bocadinho... assim!! ( de certeza vão reconhecer a frase de um anúncio dos Danoninhos!!!!)

Vacina: por enquanto não há!!! ( Apesar das tentativas).

1ª Manifestação da Doença: Detectou-se o 1º sintoma da patologia a 28/02/1904.

Antídoto: Consta que desde 8/05/1906, está a tentar desenvolver-se um antídoto poderoso e eficaz que consiga minimizar os efeitos da doença ( ou no caso dos mais esperançados- que consiga erradicá-la.), mas até à data ainda não se conseguiu... Contudo, continuam os estudos laboratoriais!!!!!!

Já agora, se me permitem a ousadia, gostaria de lançar aqui um repto a todos os escribas deste blog, de benfiquistas a portistas e tb sportinguistas ( pq não?):

Já que o nosso amigo Travassos tem designações tão “ carinhosas e interessantes” para se referir ao Benfica e ao Porto ( assumo que gosto do “la famiglia”), porque não encontrarmos um nome tb “ carinhoso e interessante” para nos referirmos à Colectividade do Lumiar?

Apelo à v/ imaginação.

DV

4:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ainda no seguimento do “Falta-nos um bocadinho assim! Tenho apenas a acrescentar, em consonância com a minha companheira DV que falta-vos mais do que um bocadinho, senão vejamos a ultima actualização do ranking da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol); o FC Porto desceu sete lugares, ocupando agora a 16.ª posição, três a mais que o Benfica, que subiu três posições, de salientar que o FCP é ainda o campeão Europeu em titulo , já para não falar da Taça Intercontinental, e o Benfica , infelizmente , não ganha nada, internacionalmente falando , há muitos anos. Já os nossos “Vizinhos” da 2ª Circular estão em 79º lugar………………………………Porque será ?? Será ainda do Guaraná?

Aguia Vitória

10:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Realmente deve ser triste ser de um clube que só vive do passado. Mas pronto, se não podem festejar glórias recentes, ao menos que festejem as dos vossos antepassados.

Ass: Mitras Robalésios

3:22 da manhã  
Blogger Travassos said...

dv:

confesso que não entendo essas datas por si referidas. se a primeira data se refere à instituição, então está errada (mais um monumento à mentira): essa corresponde ao clube da farmácia de belém. mais uma vez avanço que já foi escrito por mim neste blogue (vá aos arquivos).

a segunda data, tsss, acredito que não saiba, mas também está errada. o maior nasceu no dia 1 de julho de 1906 (aqui não se mente…). nem que raio de número é aquele…

portanto, se esta permissa está errada – o que dizer de tudo o que lhe descorre? uma trapalhada de aleivosias!

pior: tentar diminuir o sporting clube de portugal ao bairro do lumiar vem nessa sequência de disparates? o benfica é que é um bairro – não é de portugal. “la famiglia” é uma cidade – não é de portugal. basta ver a própria toponímia para aferir da grandiosidade de um (sporting) e da pequenez de outros (instituição e “la famiglia”).

milhafre vitória:

ir buscar a iffhs!?... que desespero é este? por acaso o sporting já esteve duas vezes em primeiro nesse ranking – chamam-lhe o melhor do mundo – lugar que a instituição nunca esteve, mas só uma em estado terminal recorrerei a esse título. tsss…

por que será?

9:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"Queremos que o Sporting seja um grande Clube, tão grande como os maiores da Europa». O voto foi formulado em 8 de Maio de 1906 por José Alvalade.

Está aqui a justificação para a data mencionada por mim no meu anterior post.

Se a mesma não corresponde à data da fundação da Colectividade do Lumiar, peço desculpa, mas de facto não é o meu passatempo preferido debruçar-me sobre a vida de tal clube e sua história, ao contrário de outros.... que apesar de quererem extirpar um cancro da sociedade, tudo sabem acerca dele.... Inclusivamente a data da sua fundação. Não me surpreende, Sr. Travassos que tenha usado o argumento em que a data da fundação está incorrecto. Assim, ganha mais 2 anos à fte da Instituição, já que presumo que é dos que defendem a tese de que o Benfica tem como data de fundação o ido ano de 1908; contra o seu 1906!!!!

Sugiro depois de tão brilhante lição cronológica que se mudem todos os compêndios referentes à História do Futebol em Portugal.

A propósito, qd comemoraram o v/ centenário?????

Contudo, e mm com todas as aleivosias e datas de fundação incorrectas!!???? o seu texto só vem reforçar a minha opinião de que todos os sportinguitas sofrem da síndrome do " falta-vos um bocadinho... assim"!

Fale-se; escreva-se, erre-se em datas de fundação ou não, o Benfica continua e continuará por mais algum tempo a ser o MAIOR clube Nacional, sem precisar de ter Portugal no seu nome!

Até o nome, prova mais uma vez o síndrome que há pouco mencionei; pq contentar-se em ser um clube de bairro ou um clube com o nome de uma cidade? Pq não ser de Portugal???

Talvez um bocado ousado!!! Até pq isso suporia que o nome de Portugal fosse elevado ao expoente máximo além fronteiras, o que de facto e se atendermos aos pergaminhos do dito clube, não se veio a verificar!!!

Curioso, é que foram os clubes com nomes de bairro e cidade que de facto elevaram o nome da Nação ( que tão orgulhosamente os sportinguistas ostentam no nome) ao seu expoente máximo, no futebol além-fronteiras!!! Seja na época da televisão a cores ou a preto e branco.

Tal como os homens que não se medem aos palmos, meu bom Travassos, tb os clubes não se medem pelo nome ( sonante e pomposo) que têm!!!

O Sporting é disso exemplo!

DV

12:50 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A vida de um adepto Benfiquista deve estar, realmente, pejada de desgostos. Até vão buscar a IFFHS, saindo-lhes assim o tiro pela culatra, pois por duas vezes elevou o clube rival a melhor do Mundo. Agora querem competir com a data de fundação. Fiquem lá com o vosso falso centenário, que não interessa mesmo a ninguém. Melhor ainda, comemorem agora o verdadeiro centenário, para ficarem na história como o clube que comemorou o centenário duas vezes! Ainda não se cansaram de mencionar que são o "maior clube de Portugal" e que "ganharam duas taças dos campeões" (numa altura em que era praticamente tudo amador, mas pronto). Só tenho uma resposta, uma última tentativa para fazer com que caiam do frágil andaime que vos dá a ilusão de estarem no topo: o Benfica não é mais que um "has been". Enfrentem a realidade. Acabou-se! Só conseguem bater os outros clubes no número de adeptos alcóolicos.
(Desculpem-me por ter posto o dedo na ferida)
Ass: Mitras Robalésios

1:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A vida de um adepto Benfiquista deve estar, realmente, pejada de desgostos. Até vão buscar a IFFHS, saindo-lhes assim o tiro pela culatra, pois por duas vezes elevou o clube rival a melhor do Mundo. Agora querem competir com a data de fundação. Fiquem lá com o vosso falso centenário, que não interessa mesmo a ninguém. Melhor ainda, comemorem agora o verdadeiro centenário, para ficarem na história como o clube que comemorou o centenário duas vezes! Ainda não se cansaram de mencionar que são o "maior clube de Portugal" e que "ganharam duas taças dos campeões" (numa altura em que era praticamente tudo amador, mas pronto). Só tenho uma resposta, uma última tentativa para fazer com que caiam do frágil andaime que vos dá a ilusão de estarem no topo: o Benfica não é mais que um "has been". Enfrentem a realidade. Acabou-se! Só conseguem bater os outros clubes no número de adeptos alcóolicos.
(Desculpem-me por ter posto o dedo na ferida)
Ass: Mitras Robalésios

1:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Em parte alguma, Sr. Mitras o senhor conseguiu colocar o dedo na ferida. O que o senhor afirma com toda veemência de que é a realidade, não é de todo algo que qualquer benfiquista não saiba. Que de facto os grandes tempos de glória já passaram. Mas como o senhor deverá saber as coisas, assim como as pessoas, têm todo um background, um passado, e é desse que nós nos orgulhamos. Tenham sido elas (as taças )conquistadas nos tempos do amadorismo!!! Podem vocês dizer o mesmo?! Será que se podem orgulhar tanto do vosso passado como nós???!!! Talvez tenhamos sido um clube do “ has been”, mas vocês nem sequer foram um clube do “ be” qt mais do “ has been” Talvez até sejam um clube do “ never be”!

Esta é que é a realidade, este é que é o dedo na ferida!Como anteriormente disse, fale-se, escreva-se, erre-se ou não em datas, esta é a realidade! Existente em qualquer compêndio do futebol.

Qt à sua ( triste ) afirmação acerca da tipologia do adepto do Benfica, permita-me não lhe responder devidamente, uma vez que não quero baixar o nível deste blog, que até esta data se pautou por uma cordialidade e saudável “ disputa” de argumentos entre pessoas que não partilham a mesma cor clubística.

Ocorreu-me agora, e ainda acerca da toponímia dos nomes, para que se veja que de facto os clubes não se medem pelo nome; aqui vão alguns nomes de Grandes Equipas Europeias que não possuem o nome do País na sua designação:

- Real Madrid
- A C Milan
- F C Barcelona
- Bayern Munique
- A C Roma
- Manchester United

E é assim que se vê a pequenez de uns e a grandiosidade de outros.

DV

11:40 da manhã  
Blogger Travassos said...

algumas confusões na cabeça de dv.

1. não fui eu quem foi buscar a toponímia dos clubes. quem chama clube de bairro ao sporting é dv - apenas lhe mostrei que essa expressão está errada desde a sua génese. o bairro chama-se benfica; a cidade chama-se porto; o país chama-se portugal. irrefutável.

2. dv pode ir buscar todos os clubes do mundo com nomes de bairros: não pode é esquecer que todos (TODOS) os que mencionou, exceptuando a pequena as roma (sempre subjugada aos maiores de itália, tal como a instituição o é em portugal), têm ganho títulos nos últimos anos... querer comparar-se aos grandes é uma vontade que lhe aceito; querer dizer que é como eles... portanto, quanto à pequenez do clube do ultra-mar estamos conversados!

3. é também um facto que a instituição faz cada vez mais jus ao nome "has been". a imagem de eusébio surge colada ao clubezito - não há nada a fazer!

4. acredite dv que tudo o que menos quero é ficar à frente da instituição no ano do nascimento. a instituição prefere mentir à boa maneira de goebbels (repetindo a mentira até à exaustão para ver se vira verdadeira), mas, com a frieza dos números, eu não cedo.

5. eu percebo por que insistem na mentira. nós (sportinguista) temos orgulho da nossa data - 1 de julho de 1906. a sua confusão de datas é entendível: confude as da instituição, não há-de confudir as do sporting.

6. pode chamar tudo à instituição. glorioso. o real madrid de portugal (esta é gira!). fantástico. etc. agora: o MAIOR há só um; lamento...

7. para o fim o mais doloroso: a instituição já não é o maior de portugal. has been... agora é "la famiglia". passámos do estado-novo-ultra-mar para a máfia. o tempo há-de recompor as coisas...

post - temos que convir que o adepto típico da instituição é o taxista zé manel (bem apanhado, inclusive, pela maria rueff). ou não pertence à instituição a máxima mais chauvinista (machista) de todo um povo: "não é bom chefe de família quem não é do benfica"?!

9:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu bom Travassos,

Apenas alguns esclarecimentos. Parece que não só sou eu que sofro de problemas confusionais.

Ora vejamos, qt ao “ has been” esclareço ( e penso que nisso poderei ser percebida pela grande maioria dos adeptos do Glorioso) que de facto somos um clube do “ has been”. É um facto, facto esse que não refuto. O que eu quis salientar no meu anterior post é que não obstante essa “ dura “ realidade, nós ( benfiquistas) ainda podemos ostentar esse “ título” ao passo que o Sporting, como disse, nem é um “ has been”, nem um “ be”.... Talvez um dia venha a ser um “ will be”.

Uma outra questão, dizer que a Instituição ( forma como “ carinhosamente se refere ao SLB) é como a AS Roma ( os mais atentos repararam que de facto havia um erro no nome do clube, foi na confusão do AC Milan) “ sempre subjugada aos maiores de Itália, como a Instituição o é em Portugal) é de facto hilária... Nesse caso, e pelo seu raciocínio, os maiores em Portugal será a agremiação verde e “ la famiglia”?!Vão terque me dar um segundo para conseguir parar de rir!!!

Qt à “ la famglia” tenho que aceitar, agora qt à agremiação verde... tsss.

Curiosa a sua cronologia qt ao tempo verbal do verbo “ be” e mais exactamente à analogia com os clubes que podem ser “colados” ao mesmo. Portanto, 1º começamos num clube da época do ultra-mar ( décadas de 50, 60 e 70 +-), depois passamos para um clube da época da máfia ( com a figura de proa Al Capone, ou melhor, PC) que se situa no inicio da década de 20 e prolonga-se até aos anos 30 ( auge dos tempos mafiosos, aqui no nosso burgo, podemos dizer que a mesma começa em finais dos anos 80 e prolonga-se por toda a década de 90 e inicios de 2000). Portanto e por uma questão de lógica, já que estamos a fazer um rewind presumo que dentro em breve entremos no tempo verbal do Sporting, que corresponde à fase da Monarquia ( conhecem oVisconde de Lumiar que todos as semanas aparece n’A Bola, com os maravilhosos textos da Produções Fictícias? )O problema é que a Monarquia foi abolida em 1910, faltando ainda alguns anitos, mesmo que façamos um fast rewind.

Nessa altura, sim, serão... quem sabe o “ be”.

DV

4:42 da tarde  
Blogger Travassos said...

cara dv:

devo confessar que o post, o seu raciocínio e toda a sua lógica estão (são) confusos. mesmo assim, refutáveis.

apesar da influência anglo-saxónica chocar com o português, a verdade - factual - é que a instituição é um "has been". ponto. pode dizer o que quiser sobre o sporting. que é, e sempre será, o MAIOR. na história (5 violinos; tetracampeonato e oito títulos em nove anos; yazalde), no presente (títulos schmeichel/acosta e jvp/jardel) e no futuro (estádio e academia) - aqui, não tenho dotes de prestidigitador.

mas este "has been" choca também com o termo "glorioso", muito querido pelos benfiquistas.

vamos às datas.

1. até à década de 60 o sporting brincava com os adversários (essa dos anos 50... a instituição era tipo-lego para o sporting...)

2. no apogeu de salazar e das antigas colónias (anos 60 e 70) a instituição foi quem mais ganhou, o sporting conquistava um título em cada três do clube do ultra-mar. foi aqui o auge da instituição, de mão dada com o estado novo - sabe da história do ditador não ter deixado sair eusébio para o inter de milão, facto ainda hoje recordado pelo jogador com alguma mágoa?

3. nos anos 80 apareceu "la famiglia" (dizer finais dos anos 80 é desespero de benfiquista...), que dura até este século, dominado pelo sporting e "la famiglia".

portanto, cara dv, como pode ver por esta lição (mais uma de borla) o sporting atravessa todo o espectro futebolístico em quase um século. sem ajudas e a caminhar na vertical. andar de joelhos e mendigar como o clube de salazar ou arranjando aliados como o clube de reinaldo teles e as suas meninas - NÃO!

post - prefiro o visconde de alvalade (dias da cunha) ao zé manel (barbas) - como sabe, baseado no protótipo do sportinguista e do benfiquista, respectivamente. mas isto são gostos. para não falar da bitória...

post II - todos os dias agradeço ao meu pai este passar de gene sportinguista.

10:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vossa Excelência DV não percebe o porquê do título de "has been" à "instituição": refere-se a terem um passado cheio de glórias e um presente perfeitamente débil. Por isso, insistem em viver - não só DO, como também - NO passado. O clube que nem sequer é "be" já tem sido campeão nos últimos anos. Este ano, mantém acesa a luta pela conquista do título e possui não só o melhor ataque do campeonato - com 46 golos marcados até à data deste post - como também o melhor marcador. Se acha que rebaixei o nível da conversa ao fazer o perfil típico de um adepto da "instituição", tenho pena, mas a realidade é que, mais do que ninguém, os actuais - e os anteriores - responsáveis pela direcção do clube encarnado, o senhor Quim Barreiros...ups, peço desculpa, o senhor Luís Filipe Vieira e o senhor Veiga, têm contribuido de forma inigualável, para o estatuto de "labreguice" que ocupa agora a "instituição". Tendo em conta que são vossas excelências, sócios da "instituição", quem os elegeu, só podem mesmo representar a maioria dos adeptos benfiquistas. A isto junta-se, ainda, o conhecimento público de adeptos mediáticos do Benfica, como o Barbas e o Jorge Máximo - esse grande símbolo da cultura de tasca nacional. Dificilmente se traçaria um perfil mais correcto do verdadeiro benfiquista...

Ass: Mitras Robalésios - esse grande pulha do movimento nacionalista português.

P.s. - ABAIXO O PNR!

9:29 da tarde  
Blogger Chalana said...

Eu continuo sem perceber esta insatisfação do mitras em relação aos dirigentes e sócios do Benfica. Aliás estranho que um adepto do melhor clube do mundo ( como se apelidam) se preocupa com as personagens dos outros.
A grande questão que se põe ao mitras, é se ele considera estas personagens da forma que os caracteriza, qual será a consideração que o mitras terá dessa adepta tão fantástica, que canta o hino da lagartagem, que defende um pedófilo até à morte, e que ainda por cima, anda há mais de cinco anos, com uma mancha verde pintada na cabelereira.
Como a devemos considerar sr. mitras?

11:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Apenas um pequeno excercício de memória.

“ Tecida como uma novela andava por essa altura a transferência de Luís Figo do Sporting- ainda não se sabia bem para onde. Por isso, Ilídio Dinis, vice-presidente de Sousa Cintra, avisava que a Juventus, teria de indemnizar o Sporting se Figo fosse para o Parma. E não deixava, também, de revelar receios de que a Parmalat ( então patrocinadora do Benfica ) estivesse a preparar jogada de bastidores que atirasse com Figo.... para a Luz. (....)

E o que se sabia já então era que quando Figo tentara fazer uma conferência de imprensa em Alvalade para esclarecer o seu caso a sala de imprensa fora invadida por sócios, com insultos e tentativas de agressão, e que a sua integridade física fora preservada pela barreira de jornalistas (...)” Excerto de uma notícia do diário desportivo “ A Bola”, datada de 1995.

( este pequeno recuerdo é em retribuição da borla anterior!)

Tão superiores, né? Com certeza, alguns de vós não se lembravam deste pequeno episódio, em que quase agrediram aquele que anos mais tarde viria a ser considerado o melhor Jogador do Mundo, e do qual enchem a boca para dizer que é da vossa Formação.

Mas, claro, que não se compara a uma assobiadela na Luz a um determinado jogador!!!

Esclareça-me apenas o seguinte: A forma como diz que a agremiação verde não precisa de aliados com o clube do Reinaldo Teles e sua meninas é uma espécie de Manifesto ( está tão em voga esta palavra) para com os seus pares para que jamais cometam esse erro, ou é de facto uma afirmação muito convicta de que nunca precisarão da mesma?

É que eu recordo-me que uns anos atrás, aproximadamente há 3 anos, na altura do último campeonato ganho pela agremiação verde, V. Exas, gozavam de privilégios junto das casas nocturnas da zona do Porto, que é como quem diz, teriam uma Aliança ( outra palavra tão na moda) com o clube de Reinaldo Teles e suas muchachas.

DV

5:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ao contrário, Sr. Mitras Robalésios, percebo perfeitamente o título de “ has been” colado ao Benfica.

O que parece é que o meu amigo não percebeu muito bem a minha contra-argumentação, mas tb é natural....

Quanto à disputa pelo título nacional, não me parece que a agremiação verde corra isolada no 1º lugar, mesmo com o melhor ataque e o melhor marcador....

Espantoso o seu profundo conhecimento das figuras do Benfica, tão espantoso quanto o seu parco conhecimento em relação aos “ cromos” que tb compõem a caderneta da agremiação verde!

Que diremos da dita senhora da franja verde com idade para ter juízo e que ainda não percebeu, que de cada vez que é convidada para ir ao Herman, é para ser alvo da maior chacota?

Ou que diremos do tão menos “ labrego” Sousa Cintra? Esse sim, um verdadeiro gentleman, capaz de atirar uma garrafa de água para a estrada, sobre uma janela fechada?! E ainda para mais dizê-lo aos microfones de uma rádio!!!!

Ou o que diremos do “ bigodinhos”, mais conhecido por Jorge Gonçalves? Aquele que tanto defraudou/roubou a agremiação verde.... Contudo e contrariamente ao Vale e Azevedo, fugiu para Angola, virou angolano ( tinha dupla nacionalidade) e até hj continua sem puder pôr os pés neste país à beira-mar plantado.

Ou the last, but not the least, o que diremos do Presidente actual da agremiação verde? É certo que não tem as orelhas grandes, não vendeu pneus, mas não consegue disfarçar aquele seu ar de demente... será Alzheimer? Ou tb uns copitos a mais?

Mas como vocês são a elite, a nata da nata, deve ser de um vinho de uma casta especial....

DV

5:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Senhor Chalana, deixe-me esclarecer aqui uma coisa: não há qualquer insatisfação, por minha parte, em relação ao teor pessoal do típico adepto Benfiquista. Por outro lado, há mesmo uma certa alegria, por saber que não sou simpatizante desse clube mas sim simpatizante do clube rival. Se somos ou não o melhor clube do Mundo, não me parece, mas se vossas excelências o dizem... Quanto à senhora que pinta o cabelo de verde, já lhe tentei explicar um monte de vezes que o clube mais indicado para ela era mesmo o "has been", mas ela é teimosa. Enfim, é a excepção que confirma a regra, tal como serão o Chalana e o Glorioso - suponho eu, pelo nível demonstrado neste blog - em relação à restante massa associativa vermelhona. Quanto à DV, cai-lhe mal, mencionar a corja de adeptos que existe em todo o tipo de clubes. Só que existe mais nuns do que noutros, pois a isso posso sempre contrapôr com o célebre caso do velhote aos berros, agarrado ao poster do João Pinto - encamisolado à Benfica - a gritar "JOÃO PINTO É NOSSO" enquanto beijava a foto. Também posso mencionar as várias esperas a que foram sujeitos os elementos do Benfica no Aeroporto da Portela, por adeptos famintos de vitórias e, pelos vistos, de sangue. Pelos vistos foi mesmo, vossa excelência DV, quem não percebeu nada em relação ao título de "has been" posto à "instituição". Embora não isolado na classificação, o Sporting, 2 vezes campeão nos últimos 10 anos, num dos quais também ganhou a tão afamada - entre os benfiquistas - Taça de Portugal, possui o melhor ataque e p melhor marcador - factos! Tendo em conta que está em igualdade de pontos com os restantes candidatos ao título - Porto e Boavista - e o eterno "has been" - Benfica - com o poderosíssimo Sporting de Braga na "cola", parece-me que afinal é mesmo um "be". Se tarda em compreender isso, cara colega de blog, só tenho duas soluções para si: Cerebrum e Pridana, à venda nas farmácias.
Noutro ponto: comparar os antigos dirigentes Sportinguistas aos dirigentes da "instituição" só lhe fica mal. O Sousa Cintra pode ser labrego, sim senhor, mas por ter feito somente a terceira classe. Atirar uma garrafa de água para a estrada, com o vidro fechado, é algo que 60% do TUGA poderá vir a fazer. Falar do "bigodes", que deverá ser o maior trunfo de quem se rebela contra o rótulo de "labrego" e "corrupto" imposto ao dirigente vermelho, é o que se chama "um tiro no escuro". Poderemos falar aqui do "Lucky Me" do Vale e Azevedo, poderemos falar do candidato que punha o Rui Costa e o Beckham na Luz, aquando da sua candidatura, uns anos após ter estado preso, poderemos falar do Vilarinho - seca-adegas -, enfim, poderemos falar de muitos. Mas nenhum como a actual dupla de Circo: Vieira e Veiga. São eles! Os espectaculares VV's! Um invade estúdios de televisão enquando exclama barbaridades dignas de um Homem de Neanderthal, o outro, por intermédio de alarvidades proferidas, participa num magnífico escândalo após o Benfica-Porto (cujo resultado não foi surpresa para ninguém) em que consegue rebaixar - ainda mais!!! - o nível de toda aquela situação e de todo aquele clube infestado de labregagem, não se esquecendo de aludir à actividade profissional - isenta de impostos - levada a cabo por parte da companheira de Pinto da Costa. QUE NÍVEL, MEUS SENHORES! QUE NÍVEL!

Ass: Mitras Robalésios - esse grande sociopata com matriz indo-europeia.

4:14 da tarde  
Blogger Travassos said...

ao chalana e a dv:

percebo o desespero não entendo o objectivo. ir buscar a maria josé valério?!

quem tem o "barbas" e o jorge máximo como adeptos típicos da intituição ainda tem o descaramento de ir falar nos adeptos do sporting?... mas querem enganar quem?

eu vi - EU VI - o "barbas" a comer a relva do alguidar da luz. eu vi - EU VI - o jorge máximo no programa noites marcianas (júlia pinheiro) a dizer que tinha "ido às putas a monsanto", sic, depois de a intituição ter perdido com o paços de ferreira.

vêm buscar adeptos do sporting?

depois deste descaramento de chalana e dv (pensando que o mundo não tem memória...) ainda insistem com os presidentes de ambos os clubes.

quem tem um presidente no xilindró é a instituição (vale e azevedo). manuel damásio disse declarar o rendimento mínimo. manuel vilarinho ganhou as eleições graças a mário jardel. lf vieira é sócio do sporting e da "famglia".

vergonha!

e vão buscar o jorge gonçalves que esteve quatro meses no sporting - foi corrido pelos sócios sportinguistas. não foi eleito, como lf vieira, com mais de 90 por cento dos votos...

querer tapar o sol com uma peneira percebo que resulte entre benfiquistas. agora, com sportinguistas é muito mais difícil...

post - a história de luís figo é uma dor no peito dos benfiquistas. é, de longe, o melhor jogador português de todos os tempos e isto custa ao clube da farmácia. sem estado novo construí-lo e com um amor sem limites que ele sente pelo sporting (dizem as entrevistas de figo aos jornais espanhois como "marca", "el país", "sport"). quem tem o "bluff" rui costa sofre, sofre, sfore...

4:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais uma vez, Sr. Mitras, não me entendeu. Mas mais uma vez é natural!!!

Desde já agradeço a sua preocupação com a minha saúde mental, é de facto comovente!
Contudo, penso não ser a única a necessitar de, pelo menos Cerebrum....

Relembrando uma coisinhas, ( uma vez que já reparei que o senhor sofre do que poderemos designar de memória selectiva):

- Não fui eu que num juízo de valor precipitado escreveu que o Benfica teria com certeza a maior franja de adeptos alcoólicos;

- Não fui eu que mencionei com tanta exactidão os “ cromos “ da caderneta do Benfica, casos de Jorge Máximo ( a quem o senhor colou o rótulo de símbolo da cultura nacional da tasca) ou o Barbas.


Limitei-me apenas a lembrar que todas as cadernetas têm os seus cromos, pelo que a agremiação verde não foge à regra ( por muito que vos custe a aceitar, dada a vossa costela pseudo-elitista).

Se ficou “ chocado” com o momento de memorabilia da quase agressão ao melhor jogador do mundo de 2001, devo relembrá-lo ( devido à sua memória selectiva) que o mesmo vem na sequência de um anterior post do amigo Travassos ( sugiro que o leia ) e mais uma vez para “ ilustrar” que qualquer clube tem a sua quota-parte de corja, inclusivamente a agremiação verde. E haverá muita na classe pseudo-elitista!

Acontece que ao contrário de si, pouco me interessa os adeptos/cromos dos restantes clubes ( ou melhor dizendo da agremiação verde) , para que possa estar aqui a enumerá-los um por um...

DV

PS- Cai mal é argumentar que a atitude de um determinado cidadão, de nome Sousa Cintra, possa ser repetida por cerca de 60% de portugueses.... mas é natural! Tentar transformar um senhor “ labrego” e as suas “labreguices” em actos de boas maneiras e uma quase educação de lord, apenas e só pq o dito foi presidente da agremiação verde é perfeitamente natural da parte de qualquer sportinguista! Risível, mas natural!!!

Post - Ao amigo travassos, a mim como benfiquista o Luis Figo não é de todo uma dor no peito!
A minha clubite não me tolda o discernimento, nem me cega, por isso não me custa reconhecer e assumir que de facto se trata ( talvez) do melhor jogador português de todos tempos, principalmente nestes tempos tão “ industriais” do futebol.

Será que teria a mesma capacidade? Não me parece. O seu ódio visceral ao Benfica será sempre mais forte!!!

5:03 da tarde  
Blogger Chalana said...

Conselho para a amiga DV:

Cara DV, como podemos todos constatar não valerá a pena falar dos adeptos da colectividade do Lumiar, pois para os seus caríssimos associados, não temos condições para tal, porque possúimos um clube que é constituído pelos maiores cromos do país.
É isto que Travassos e o tal de mitras nos querem transmitir.
Cara DV, não percebe a minha amiga (nem eu), que não podemos criticar qualquer associado da colectividade, como a tal mancha verde, porque os rapazes, só tem esse adepto cromo lá para aquelas bandas. Será que também têm desgosto, que seja essa mancha que canta o hino do clube? Hino? Não! Marcha! Uma marcha comparada a uma qualquer marcha popular, cantada por uma qualquer peixeira à saída da Lota de matosinhos.
Não podemos criticar, cara DV porque os nossos amigos, só possuem intelectuais, escritores, diplomatas, gestores, letrados e doutorados.
A nós resta-nos o povo.
Mas não temos vergonha disso, porque é povo que manda, que trabalha, que põe em marcha este país. Sempre foi, sempre será. É o povo que ajudou uns quantos capitães, a mandar abaixo do tal regime que o travassos afirma que nos carregava ao colo e nos atribuía os títulos.
os outros, têm os tais doutores...
post - isto não é nenhum manifesto do pc, esteja descansado travassos.

11:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Offsides da Organizacao
  • Apaf
  • Assoc. Treinadores
  • FPF
  • Sindicato dos Jogadores
  • Jogadores em Offside
  • Beto
  • Cristiano Ronaldo
  • Helder Postiga
  • Luis Figo
  • Ricardo Carvalho
  • Rui Costa
  • Simao Sabrosa
  • Clubes em Offside
  • Beira-Mar
  • Belenenses
  • Benfica
  • FC Porto
  • Moreirense
  • Nacional da Madeira
  • Penafiel
  • Rio Ave
  • Sp. Braga
  • Sporting
  • Vit. Guimaraes
  • Offsides da Escrita Nacional
  • A Bola
  • Bola Branca
  • Mais Futebol
  • O Jogo
  • Record
  • Relvado
  • Sport Tv
  • TSF desporto
  • Zero Zero
  • Offsides da Escrita Internacional
  • As
  • Bundesliga
  • Calcio
  • Calcio Mercato
  • Don Balon
  • El Mundo Deportivo
  • Football 365
  • Four the Game
  • Futbol Me
  • Give me Football
  • Goal.com
  • Guardian
  • Libre Directo
  • Liga Espanhola
  • Marca
  • Planet Futbol
  • Premier League
  • Servi Futbol
  • Soccer Base
  • Soccer Spain
  • Sport
  • Tifonet
  • Outros Offsides
  • Adufe
  • Afixe
  • Aviz
  • Blasfémias
  • Bomba Inteligente
  • Blogame mucho
  • Blogotinha
  • Causa foi Modificada
  • Contra a Corrente
  • Doce da Avozinha
  • Do Portugal Profundo
  • Gato Fedorento
  • Ideias Soltas
  • Janela para o Rio
  • Jaquizinhos
  • Mar Salgado
  • Memória Virtual
  • No quinto dos Impérios
  • O Período
  • O Vento lá fora
  • Semiramis
  • O Tronco da Teia
  • Weblog
  • Em Offside

    Powered by Blogger

    Estou no Blog.com.pt